icons.title signature.placeholder Eduardo Mendes, Maurício Oliveira, Rodrigo Vessoni e Thiago Salata
29/06/2014
10:03

Foram quatro jogos e uma classificação às quartas de final na Copa do Mundo. Em duas semanas de competição, a Seleção Brasileira reconhece a evolução e já tem um número, em percentual, qual precisa atingir para alcançar o melhor padrão de jogo.

A partir de análise feita pelo técnico Luiz Felipe Scolari, a equipe já conseguiu atingir 90% da performance apresentada na Copa das Confederações do ano passado.

- Precisamos evoluir ainda um pouco. Felipão disse que está faltando ainda 10% para jogar da maneira que atuamos na Copa das Confederações. Mas é Copa do Mundo. Não tem jogo fácil - disse o zagueiro Thiago Silva.

Apesar de admitir que o jogo feito pelo time no Mineirão contra o Chile não ter sido um exemplo, Thiago Silva se mostrou insatisfeito com algumas críticas e aproveitou para questionar a arbitragem.

- O que me frustra é que a maioria das pessoas que fala é de jornalistas brasileiros. Essa é a minha revolta. Às vezes, temos de pensar um pouco antes de dar uma declaração. Não ser torcedor, mas profissional. Tenho consciência que não jogamos bem, mas o importante é a vitória. Ninguém está falando do pênalti no Hulk, do gol do Hulk que o juiz deu mão... Mas quando dá a favor de nós as pessoas falam muito. Os juízes, então, quando entram em campo, dizem "não vamos dar a favor do Brasil". Não sei se todos pensam dessa forma - ponderou o jogador.