icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
08/11/2013
15:48

A seleção da Nigéria conquistou nesta sexta-feira o seu quarto título mundial Sub-17, com uma vitória contundente por 3 a 0 sobre o México, em Abu Dhabi, nos Emirados Árabes. A conquista coloca o país africano com a hegemonia nesta categoria, superando o Brasil, que possui três títulos.

O México, que vinha de eliminar o Brasil nas quartas de final e a Argentina na semifinal, não repetiu a mesma atuação que fez diante dos rivais sul-americanos. Apáticos em campo, os mexicanos foram dominados pela seleção da Nigéria.

O triunfo nigeriano começou a ser desenhado logo no início de jogo, aos nove minutos, com uma ajuda dos adversários. O atacante Yahaya se antecipou à defesa para tentar completar um cruzamento, o lateral mexicano Aguirre tentou tirar mas tocou para o próprio gol.

E MAIS:

>ENQUETE: Para você, qual foi o assunto mais importante da semana?
>Após eliminar o Vélez, Jorginho espera mais dificuldades contra o São Paulo
>Blatter pede que Irã permita às mulheres irem aos estádios

A vantagem da Nigéria foi ampliada logo após o intervalo, e também teve a colaboração mexicana. Aos 11 minutos do segundo tempo, Muhammed arriscou de muito longe. O goleiro Gudiño rebateu mal, para o centro da área, e Iheanacho marcou aproveitando o rebote.

O massacre foi completado aos 36 minutos, quando Muhammed cobrou falta com estilo. A bola ainda tocou no poste esquerdo de Gudiño antes de morrer na rede.

Suécia ficam em terceiro lugar

Também nesta sexta-feira, a Suécia garantiu o terceiro lugar na Copa do Mundo Sub-17 ao golear a Argentina por 4 a 1, também em Abu Dhabi. O destaque do jogo foi o atacante sueco Berisha, autor de três gols. Strandberg fez o outro tento da seleção escandinava, com Compagnucci descontando para os argentinos.