icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
10/02/2015
10:02

Pode parecer pouco, mas um dia de diferença na preparação para o clássico entre Santos e São Paulo - na quarta-feira, às 22h, na Vila Belmiro, pela quarta rodada do Campeonato Paulista - está sendo lamentado pelo Alvinegro. Enquanto o Tricolor fez sua última partida no sábado, em casa, o Peixe viajou a São José do Rio Preto e voltou na segunda-feira.

Segundo o meia santista Lucas Lima, pelo fato do time ter apenas um dia de treino, a preparação será na base da conversa.

- É um jogo importante, sabemos que é um clássico. Mas é como o professor falou, não teremos muito tempo para trabalhar e para treinar. Vamos nos recuperar da viagem, do desgaste do jogo e vai ser mais na base da conversa mesmo. Mas sabemos que não podemos usar isso como desculpa. Temos de tentar recuperar o máximo possível para entrar bem, 100%, e fazer um bom jogo - disse Lucas, no retorno da delegação santista ao CT Rei Pelé.

O técnico do Peixe, Enderson Moreira, já adiantou a diferença de tempo entre as duas equipes no último domingo.

- São duas equipes grandes, mas a gente está sempre em desvantagem em jogar um dia após o adversário. O São Paulo tem um dia a mais de recuperação, mas não vai ser problema, vamos usar isso como motivação - pontuou o treinador.

Em contrapartida, o Santos terá a Vila Belmiro como diferencial. Na visão do principal armador do time, jogar no estádio será essencial para exercer o domínio sobre o Tricolor.

- Todo mundo ama jogar na Vila Belmiro. É a nossa casa, nossa força principal e a casa vai estar cheia por ser um clássico. Sabemos do apoio da torcida. É um campo bom, rápido e que gostamos de jogar. É importante voltar à Vila - ressalta Lucas Lima.

O Alvinegro fará os últimos ajustes antes da partida na terça-feira de tarde.