icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
26/11/2013
10:42

A sequência de lesões que afeta o Real Madrid nas últimas semanas pode acabar beneficiando o brasileiro Casemiro. Para a partida desta quarta-feira, contra o Galatasaray, pela Liga dos Campeões, Carlo Ancelotti não terá Khedira, que ficará fora por seis meses, e pretende poupar Xabi Alonso, que ainda está em processo de retorno de uma lesão séria. Ele ainda elogiou a versatilidade do elenco.

- Eu gosto que a equipe possa jogar no 4-3-3 e no 4-4-2. Isso demonstra a qualidade do plantel. Sem Khedira, é difícil jogar no 4-3-3, mas podemos fazer, pois Di María joga assim na Argentina, ou Casemiro pode entrar em seu lugar - disse Ancelotti, durante entrevista coletiva, negando que vá colocar Bale na esquerda, já que não terá Cristiano Ronaldo:

- Não devo mudar. Prefiro Bale na direita para poder ter o chute. Prefiro que os ponteiros joguem com os pés trocados.

Ancelotti acredita ainda que a primeira partida entre os dois clubes, em que o Real Madrid goleou fora de casa por 6 a 1, não vai se repetir. Para ele, o Galatasaray é outro com Roberto Mancini.

- Não vai acontecer de novo, desde que Mancini chegou, o Galatasaray mudou. Jogou bem em Turim (contra a Juventus), tem muita qualidade ofensiva com Drogba - concluiu.