icons.title signature.placeholder Bruno Cassucci e Russel Dias
14/07/2014
15:11

A categoria sub-15 da base do Santos passou por uma reformulação na comissão técnica, mas a decisão veio em meio a uma emergência. Há cerca de 20 dias, o então treinador, André Alves, e o preparador de goleiros, conhecido como Waltinho, se desentenderam e quase chegaram às vias de fato.

Conforme o LANCE!Net apurou, a discussão foi presenciada por atletas, e os membros da comissão tiveram de ser contidos por outros funcionários. Por meio de assessoria de imprensa, o Peixe confirmou o ocorrido, disse que a confusão se passou em ambiente reservado e avisou que os dois profissionais levaram uma suspensão disciplinar.

Além dessa advertência, a briga resultou em uma punição pelo chefe do departamente de base, Hudo D'Elia Machado. André Alves foi transferido para comandar o sub-14, e trocou com o técnico Cris, que foi para seu lugar na categoria sub-15. Walter, o preparador de goleiro, cuidará do sub-13 e sub-11 do Peixe.

André e Aarão, técnico do sub-17, são filhos de Manuel Maria, ex-ponta direito do Peixe na década de 60. Após atuar anos ao lado de Pelé, eles mantém uma boa relação há anos.

Há, inclusive, quem afirme no Peixe que o Rei tem relação direta na presença de André e Aarão no clube. Tais pessoas também argumentam que André adota postura arrogante por ser "bancado" por Pelé. Ao LANCE!Net, o treinador preferiu não comentar o caso:

- Isso já passou, está superado e temos de seguir a vida. O Santos está acima de qualquer coisa - afirmou.