icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
27/11/2013
14:20

O técnico Diego Simeone saiu muito satisfeito de São Petersburgo após o empate contra o Zenit em 1 a 1. Principalmente com a participação de jogadores que não vinham sendo muito utilizados como titulares, principalmente Adrián e Crístian Rodríguez. Na véspera, ele pediu para que estes não fossem subestimados, e agora, elogiou todos eles.

- Destaco a vontade do grupo. Adrián e o seu crescimento para o ser o jogador que necessitamos. Cebolla viajou logo depois de ser pai e respondeu como o jogador que é. Insúa foi muito bem contra um "jogadoraço" como Hulk - disse Simeone, em entrevista coletiva.

O argentino, que também esteve no Atlético de Madrid como jogador, liberou o goleiro Courtois de qualquer culpa pela falha no gol do Zenit. Ele disse que nem precisou conversar com ele depois da partida.

- Não vi e não foi nada demais. É o futebol e acontece. Antes, a bola tinha saído, depois são situações que acontecem, erros... - concluiu "El Cholo".