icons.title signature.placeholder RADAR/LANCEPRESS!
04/11/2014
18:22

Diego Tardelli foi denunciado pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) por causa das ofensas ao árbitro Elmo Alves Resende da Cunha no empate com o Bahia, na Arena Fonte Nova. Segundo a súmula da partida, o atacante teria xingado o mediador do confronto em duas oportunidades, o que acarreta em um julgamento duplo nesta quinta-feira.

O atleta foi enquadrado duas vezes no artigo 243-F do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (ofender alguém em sua honra). A pena é de suspensão por uma a seis partidas e multa de até R$ 100 mil por cada infração.

Na ocasião, o artilheiro do Galo na temporada foi expulso após fazer o que seria o gol da vitória atleticana sobre o Tricolor Baiano. O árbitro relatou o acontecimento da seguinte forma:

– Expulsei com cartão vermelho direto de campo de jogo aos 45 minutos do segundo tempo, o atleta de numero 9 sr. Diego Tardelli Martins da equipe clube atlético mineiro, por ter me ofendido moralmente com as seguintes palavras: "você é um merda, seu merda, seu merda! desde o primeiro tempo você só complica! seu fraco!" após a expulsão, o atleta em pauta continuou dizendo as seguintes palavras: "safado,safado,safado, seu merda!" fato ocorrido logo após a marcação de uma falta contra sua equipe.

Tardelli já se desculpou com o juiz através de seu perfil no Twitter. O jogador reconheceu o erro ao comentar o caso.