icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
15/11/2013
08:07

Não foi o Houston Rockets, de James Harden e Dwight Howard, nem o San Antonio Spurs, de Tony Parker e Tim Duncan, e nem sequer o Miami Heat, de Lebron James e Dwyane Wade. Quem chegou com tudo na atual temporada da NBA foi o Indiana Pacers. Após o triunfo sobre o Memphis Grizzlies na noite da última segunda-feira, a equipe segue como a única invicta na liga após oito jogos.

Finalista da Conferência Leste na temporada passada, quando obrigou o Miami Heat a jogar sete jogos para avançar à final, o Pacers conseguiu o melhor início de temporada da história da franquia na NBA. Todas as outras equipes do leste têm ao menos três derrotas, inclusive o atual bicampeão Miami Heat.

E MAIS:
> Indiana vence mais uma na NBA e Splitter joga bem pelo Spurs

Ainda sem contar com a presença de Danny Granger, astro da equipe que ainda se recupera de lesão na panturrilha, o Pacers é a principal atração deste início de temporada. Com média de quase 25 pontos e oito rebotes por jogo, o ala Paul George assumiu o protagonismo em quadra, assim como foi na temporada passada, quando foi eleito o jogador que mais desenvolveu no ano.

Além disso, a principal novidade do Pacers para 2013/2014, o pivô Luis Scola, que chegou para dar maior qualidade ao banco de reservas, vem correspondendo. O argentino tem entrado bem nas partidas e soma média de quase oito pontos por jogo.

Para completar o bom momento da franquia, o gigante Roy Hibbert, de 2,18m, é líder da NBA em tocos, com média de 4,38 por jogo. A média do pivô é maior que a registrada por Serge Ibaka, que foi líder de tocos na última temporada com média de 3,03.

Hibbert conseguiu dar sete tocos em uma mesma partida em duas oportunidades nesta temporada: contra o Detroit Pistons e contra o Orlando Magic. No jogo desta segunda-feira, ele aplicou cinco tocos, sendo que dois deles foram em uma mesma jogada.

A franquia é a 18ª a abrir uma temporada com oito vitórias na NBA. Os últimos a emplacaram esta marca foram Los Angeles Lakers e New Orleans Hornets, na temporada 2010/2011.

Argentino Luis Scola tem contribuído bem saindo do banco do Pacers (Foto: AFP)

As maiores sequências de abertura da NBA pertencem ao Houston Rockets, em 1993/1994, e ao Washington Capitols, em 1948/1949, ambos com 15 vitórias. O Rockets, que na ocasião contava com o pivô Hakeem Olajuwon, foi campeão naquela temporada após vencer o New York Knicks na final, enquanto o Capitols ficou com o vice em 1949 para o Minneapolis Lakers.

No último sábado, o Pacers havia vencido o Brooklyn Nets por uma diferença de 35 pontos (96 a 61), apenas três dias depois de bater o forte Chicago Bulls por 17 de diferença (97 a 80). A equipe volta a jogar nesta sexta-feira, em casa, contra o Milwaukee Bucks.

Confira a campanha do Indiana Pacers até aqui

Indiana Pacers 97 x 87 Orlando Magic
New Orleans Pelicans 90 x 95 Indiana Pacers
Indiana Pacers 89 x 74 Cleveland Cavaliers
Detroit Pistons 91 x 99 Indiana Pacers
Indiana Pacers 97 x 80 Chicago Bulls
Indiana Pacers 91 x 84 Toronto Raptors
Brooklyn Nets 61 x 96 Indiana Pacers
Indiana Pacers 95 x 79 Memphis Grizzlies

Destaques da equipe

Paul George (ala): terceiro melhor em média de pontos até aqui, com 24,9 por jogo
Roy Hibbert (pivô): melhor bloqueador da liga até aqui, com 4,38 por jogo
Lance Stephenson (ala-armador): conseguiu um triplo-duplo na última partida, sendo apenas o quinto jogador a conseguir o feito nesta temporada - Ricky Rubio, Stephen Curry, Tony Wroten e Nicolas Batum foram os outros.