icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
30/06/2014
14:50

A polêmica em torno da mordida de Luis Suárez em Chiellini ainda não acabou. Nesta segunda-feira, Luisito divulgou uma carta admitindo pela primeira vez que mordeu o zagueiro italiano na partida entre Uruguai e Itália, pela fase de grupos da Copa do Mundo. Até então, Suárez e toda delegação Celeste se referia ao ocorrido como um incidente, evitando usar a palavra 'mordida'.

Por meio de uma rede social, o atacante uruguaio postou a carta onde se diz arrependido de ter protagonizado o lance. Além disso, Suárez pede desculpas ao Chiellini e à "toda familia do futebol". O fato ocorrido no dia último dia 24, não foi inédito. Suárez já esteve em situações parecidas jogando pelo Liverpool e Ajax. Sendo assim, o camisa 9 da Celeste prometeu que as mordidas não voltarão a acontecer.

Como punição à mordida em Chiellini, Suárez foi suspenso por nove jogos oficiais da Seleção Uruguaia, além de quatro meses banido de qualquer evento esportivo e uma multa de 100 mil francos suiços, equivalente à R$ 247 mil reais.