icons.title signature.placeholder Igor Siqueira
03/04/2014
09:01

O STJD, por enquanto, não vai se mexer para, assim como fez com as Séries C e D, determinar a suspensão da tabela da Série A do Brasileirão por causa da briga jurídica envolvendo a Portuguesa, a CBF e o próprio Tribunal. Nem o fato de a Lusa ter conseguido uma liminar na Justiça de São Paulo que invalida a punição aplicada pelo STJD vai motivar uma tomada de decisão agora, segundo o LANCE!Net apurou.

Em relação à Série C, a postura da corte foi determinar a suspensão da tabela da competição, que já tinha sido divulgada pela CBF. A ordem valeu até a resolução do impasse judicial envolvendo o Betim, que posteriormente teve liminar cassada e foi parar na Série D.

Quanto à Série A, nenhum passo será dado sem antes haver uma atitude da CBF quanto ao processo aberto pela Lusa. A entidade, por sua vez, confia que a liminar terá vida curta, assim como aconteceu com as anteriores.

Além disso, a CBF bate na tecla da decisão do STJ em relação ao conflito de competência dos processos abertos anteriormente a respeito da decisão da Justiça Desportiva que puniu a Lusa. A ordem vinda de Brasília é que a 2ª Vara Cível do Rio, na Barra da Tijuca, "quintal" da CBF, concentre os casos. A 43ª Vara Cível paulista não está no processo do STJ, por enquanto, mas a CBF vai tentar inclui-la no bolo e trazer o processo para o Rio.