icons.title signature.placeholder Eduardo Mendes
30/12/2013
08:03

O aumento do valor de parte dos direitos econômicos de Elias determinado pelo Sporting (POR) nas últimas semanas envolve a pendência que os portugueses têm com o jogador e, agora, teria de ser arcada pelo Flamengo. Dessa maneira, os 50% dos direitos econômicos pertencentes aos Leões passaram de quatro milhões de euros (R$ 12,8 milhões) para cinco milhões de euros (R$ 16 milhões).

Por enquanto, o staff do volante não tomará medida alguma judicial, que seria reabrir o processo na Fifa em decorrência da dívida de um milhão de euros (R$ 3,2 milhões). O agente e pai do jogador, Eliseu Trindade, aguarda por uma posição do Sporting até a primeira quinzena de janeiro, conforme passado pelos próprios dirigentes nas reuniões com o empresário em Portugal. O prazo foi reiterado em e-mail enviado a Eliseu nos últimos dias.

Em função disso, portanto, não está confirmado se Elias se apresentará ao Sporting, no dia 2 de janeiro. A partir do dia primeiro, ele volta ter vínculo com os portugueses em razão de o contrato de empréstimo com o Fla se encerrar no dia 31.

O Rubro-Negro, então, aguardará a possibilidade de o Sporting conseguir um acordo com Elias em relação ao débito. O clube está irredutível e não aceita pagar mais do que os R$ 12,8 milhões para adquirir 50% dos direitos econômicos do volante.

Inicialmente, a estratégia do Flamengo para liquidar o compromisso era absorver a dívida do Sporting com Elias, desde que esse valor fosse abatido do preço da venda. A outra metade dos direitos econômicos do jogador pertence ao empresário português, Jorge Mendes.

O Flamengo já formatou a proposta do novo contrato de Elias e, caso o jogador permaneça, ele assinará um vínculo por quatro temporadas a partir de 2014.

Elias revela situação fora de campo para ficar no Flamengo