icons.title signature.placeholder Eduardo Mendes
02/11/2013
07:03

A operação para a venda de Elias na próxima temporada já foi montada pelo Sporting (POR) e pelo empresário português, Jorge Mendes, detentor de 50% dos direitos econômicos do jogador. Os Leões estipularam a parte que cabe ao clube – os outros 50% – em quatro milhões de euros (R$ 12,1 milhões).

O pai do jogador, Eliseu Trindade, esteve em Portugal nos últimos dias e também participou dos encontros que podem definir o futuro do jogador. A expectativa de o valor integral – oito milhões de euros (R$ 24,3 milhões) – ser diminuído, como o L!NET  mostrou no último dia 25, também deve se confirmar. Mendes deixou aberta a possibilidade de direitos econômicos de jovens atletas serem usados em uma eventual transação que diz respeito até mesmo à parte do agente.

Para assinar um novo contrato a partir de 2014, Elias fez uma única exigência em relação ao salário. O volante não abdica de receber o mesmo valor que era pago pelo Sporting e, agora, é desembolsado pelo Rubro-Negro: R$ 360 mil livres de impostos. Inicialmente, o staff do jogador não pedirá luvas.

Além de Corinthians e Flamengo, o Internacional manifestou interesse na contratação do jogador nos últimos dias. O Colorado já está ciente dos valores da compra e também do salário do camisa 8 rubro-negro. O clube, entretanto, ainda não formalizou uma proposta.

A cúpula de futebol do Flamengo aposta na classificação do time para a Libertadores de 2014 como mais um trunfo na disputa para ter a manutenção de Elias no grupo para o ano que vem.

A ideia do Rubro-Negro é assumir a dívida dos portugueses com o jogador – um milhão de euros (R$ 3,04 milhões) – e descontar este valor do preço de venda estipulado pelos Leões, parcelando o restante.

Emissário representa o clube

Na semana passada, o Flamengo teve um representante, que não é dirigente do clube, acompanhando as conversas de Eliseu Trindade, pai de Elias, com o Sporting e o empresário Jorge Mendes, em Lisboa.

O clube quer se antecipar aos demais concorrentes na disputa pelo jogador para formalizar o mais rapidamente possível a condição de compra que será proposta aos portugueses.

Desde semana passada, quando Elias retirou a ação contra os portugueses na Fifa e as partes chegaram a um acordo, o Flamengo intensificou as movimentações nos bastidores para exercer a opção de compra.