icons.title signature.placeholder Lucas Faraldo
29/11/2014
21:31

Por ironia do destino, foi Valdivia o autor do gol que sacramentou a vitória do Internacional por 3 a 1 sobre o Palmeiras, na noite deste sábado, no Beira-Rio, pela 37ª rodada do Campeonato Brasileiro. O sósia do camisa 10 palmeirense, junto com Taiberson e Fabrício, garantiram a classificação do Colorado à Libertadores da próxima temporada. Já o Verdão só não entrou na zona de rebaixamento graças à goleada do Flamengo por 4 a 0 sobre o Vitória, no encerramento da rodada deste sábado.

Na tabela de classificação, o Internacional subiu para os 63 pontos, ultrapassando o Corinthians e assumindo a terceira posição para alegria dos mais de 36 mil colorados presentes no Beira-Rio! O Palmeiras, por sua vez, acumula a quinta derrota seguida, se mantém estacionado nos 39 pontos, na 16ª posição.

As equipes voltam a jogar apenas no próximo domingo, às 17h, pela 38ª e última rodada do Brasileirão. O Internacional visita o Figueirense no Orlando Scarpelli, em Florianópolis (SC). O Palmeiras recebe o Atlético-PR no Allianz Parque, em São Paulo (SP). Data e local dos jogos estão sujeitos a alterações pela CBF, que deve antecipar e mudar mandos de alguns jogos da rodada final.


O JOGO

Em um Beira-Rio completamente tomado pela torcida colorada, Internacional e Palmeiras fizeram um eletrizante início de partida. Em jogadaça de Allione, a bola sobrou para Marcelo Oliveira, que mandou a bomba para fora. Na sequência, Fabrício recebeu de Aranguíz e perdeu gol incrível, na pequena área. 

Com o passar dos minutos, prevaleceu o time que mais tempo permaneceu com a bola nos pés. D'Alessandro (que já havia discutido com Gabriel Dias), "sambou" em frente ao jovem palmeirense e rolou para Taiberson. O colorado limpou a marcação e bateu firme. A bola desviou em Marcelo Oliveira e, sem chances de defesa para Fernando Prass, morreu nas redes.

Sem grande qualidade técnica, mas empurrado pela perspectiva de entrar na zona de rebaixamento, o Palmeiras buscou o empate ainda no primeiro tempo. Victor Luis subiu com liberdade pela esquerda e acertou belo cruzamento para Renato. O volante de 1,85 m subiu mais alto que a dupla de zaga colorada e concluiu para o fundo do gol.

No segundo tempo, jogadores de ambas as equipes abusaram dos chutões e "esqueceram" de finalizar. Apenas aos 19 minutos aconteceu o primeiro perigoso chute a gol. Chute? Cabeceio! E para as redes! Wellington Silva levantou preciosa bola para Fabrício (aquele mesmo, que perdera um gol feito na etapa inicial). O lateral venceu Lúcio no jogo aéreo e carimbou o travessão. A bola quicou capricosamente dentro do gol antes de os colorados correrem para o abraço.

E poderia ser mais (aliás, seria mais)! O colorado Valdivia, que acabara de entrar, foi lançado pela esquerda e bateu para fora. Pouco depois, porém, o sósia do camisa 10 palmeirense (que, lesionado, nem jogou neste sábado) avançou com liberdade pela intermediária e acertou, de fora da área, uma bomba na meta de Prass. Golaço! 

Houve tempo para, após bate-rebate na pequena área do Inter, Henrique deixar Cristaldo em condições de marcar. O argentino, porém, fuzilou o goleiro Alisson. Com nome parecido, porém com a camisa do Palmeiras, Aliione ainda conseguiu ser expulso por ter matado contra-ataque adversário. Com a cabeça quente, Bruno César agrediu Fabrício e também levou cartão vermelho.

Sinal vermelho para o Palmeiras. Libertadores para o Internacional!

FICHA TÉCNICA
INTERNACIONAL 3 X 1 PALMEIRAS

Data e horário: 29/11/ 2014, às 19h30
Local: Beira Rio, Porto Alegre (RS)
Árbitro: Ricardo Marques Ribeiro (Fifa/MG)
Assistentes: Marcio Eustaquio Santiago (MG) e Guilherme Dias Camilo (MG)
Público e Renda: 36.504 pagantes / R$ 991.405,00
Cartões Amarelos: Gilberto (Internacional); D'alessandro (Internacional)
Cartões Vermelhos: Allione e Bruno César (Palmeiras)

GOLS: Taiberson, aos 23'/1ºT (1-0); Renato, aos 37'/1ºT (1-1); Fabrício, aos 19'/2ºT (2-1), Valdívia, aos 34'/2ºT (3-1);

PALMEIRAS: Fernando Prass, João Pedro, Lúcio, Victorino e Victor Luis; Gabriel Dias (Felipe Menezes (40'/2ºT), Renato, Marcelo Oliveira (Cristaldo, 21'/2ºT), Wesley (Bruno César, 30'/2ºT) e Allione; Henrque. Técnico: Dorival Júnior.

INTERNACIONAL: Alisson, Gilberto (Wellington Silva, Intervalo), Ernando, Alan e Fabrício; Willians, Aranguiz, Alex (Valdívia, 17'/2ºT) e D'Alessandro; Taiberson (Gustavo, 24'/2ºT) e Rafael Moura. Técnico: Abel Braga.

* Atualizada às 22h58