icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
28/11/2014
21:14

Embora o Vasco não tenha muitas pretensões para o jogo deste sábado, um jogador vai encarar a partida com muita seriedade: o goleiro Jordi. O jovem teve apenas três oportunidades para atuar entre os titulares nesta temporada e busca seu espaço no elenco.

Além de Jordi, substituto de Martin Silva, que sentiu dor no tendão de Aquiles do pé direito, Lorran e Aranda também receberam uma chance por conta de contusões de titulares.

Como Carlos César está com um estiramento na coxa direita, Diego Renan será deslocado para a lateral direita, e Lorran entrará na esquerda. Já o paraguaio Aranda vai substituir o volante Fabrício, que sofre com problemas intestinais.

Por opção tática, Jhon Cley deve entrar no time na vaga de Maxi Rodríguez e formará o meio com Guiñazú, Aranda e Douglas. Como Douglas Silva ainda não se recuperou da contusão no tornozelo direito, a zaga segue formada com Rodrigo e Luan.

No ataque, Joel Santana deve manter a dupla formada por Thalles e Kléber. Rafael Silva, porém, treinou bem durante a semana e corre por fora em busca de uma vaga.

EXPECTATIVA DE UM JOGO DURO

Não passa pela cabeça dos jogadores do Avaí algum tipo de relaxamento dos atletas vascaínos, que já estão na Série A. Pelo menos é o que garante o zagueiro Antônio Carlos, líder da defesa no duelo de hoje, que encerra a temporada.

– Vai ser muito difícil. Do jeito que foi lá, eles vão querer morder a vitória aqui. Eles não aceitaram aquela derrota e nós precisamos de qualquer maneira da vitória. Eles vão querer fazer uma festinha aqui e não podemos deixar. Os dois times estão mais calejados, mais preparados e vai ser um jogo diferente.

O técnico Geninho admitiu ansiedade, mas passou as instruções aos comandados: Não podem ficar pensando em secar Boa e Atlético-GO, rivais que jogam ao mesmo tempo na disputa pela última vaga na Série A.

– O grupo está muito consciente. E também se cobra muito de ter deixado escapar a oportunidade de jogar só por si, sem depender de resultados dos outros. Mas eles estão altamente motivados para conseguir fazer, bem, o resultado. É fundamental que a gente termine fazendo a nossa parte. E depois é esperar os outros jogos – concluiu.

FICHA TÉCNICA

AVAÍ x VASCO

Local: Florianópolis (SC)
Estádio: Ressacada
Árbitro: Flavio Rodrigues Guerra (SP)
Auxiliares: Rogério Zanardo (SP) e Fábio Rogério Baesteiro (SP)

AVAÍ:  Vagner; Marrone, Antônio Carlos, Pablo e Eltinho; Eduardo Costa, Révson, João Filipe e Marquinhos; Anderson Lopes e Roberto - Técnico: Geninho

VASCO: Jordi; Diego Renan, Luan, Rodrigo e Lorran; Aranda, Guiñazú, Jhon Cley e Douglas; Thalles e Thalles - Técnico: Joel Santana