icons.title signature.placeholder Valdomiro Neto
13/06/2014
18:03

Em meio ao temporal que castiga Porto Alegre desde o início da manhã, a seleção de Honduras desembarcou na tarde desta sexta-feira no Salgado Filho e dirigiu-se para o hotel em que ficará hospedada, bem próximo ao aeroporto. A equipe centro-americana será a primeira a passar ao menos uma noite na capital gaúcha neste Mundial (era a única sede que faltava abrigar um dos participantes).

O grupo hondurenho foi saudado por um pequeno, mas animado, grupo de torcedores. Os 12 aficionados cantaram o nome do país, tiraram fotos, com bandeiras, bonés e apitos contendo as cores do país. Emilio Fonseca, 20 anos, natural de Tegucigalpa, principal cidade do país, mas que mora há dois anos em São Carlos (SP), mostrou-se empolgado com a perspectiva de acompanhar os jogos do seu país in loco.

- Gosto muito de três jogadores: Izaguirre, Wilson Palacios e Figueroa. Mas o goleiro Noel Valadares é ídolo no país, principalmente pelas defesas que fez na Copa passada. Vou ver este jogo contra a França e contra o Equador - afirmou Fonseca, que estuda engenharia civil no interior paulista e pretende voltar à sua terra natal quando terminar o curso. 

Hondurenhos desembarcam em hotel de Porto Alegre (FOTO: Valdomiro Neto)

Honduras realizará um treino neste sábado no Olímpico e, depois, o reconhecimento do gramado do Beira-Rio, local da partida de estreia contra a França, domingo, às 16h, Os franceses, por sua ves, tem chegada a Porto Alegre prevista para a manhã deste sábado. No Grupo E ainda estão Suíça e Equador, que se enfrentarão no mesmo dia, às 13h, em Brasilia. 

A seleção ainda busca sua primeira vitória em Mundial. Os bicolores, como são conhecidos, acumulam seis partidas, com três empates e três derrotas. O maior feito, até lembrado com emoção por sua população, foi o empate com a Espanha na primeira rodada da Copa de 82, jogada justamente no país Ibérico.