icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
14/03/2014
16:48

Quem tentou acessar o site oficial da Confederação Brasileira de Vôlei (CBV) durante a tarde desta sexta-feira se deparou com uma surpresa. A página foi hackeada. Uma mensagem assinada pelos grupos IPiratesGroup e AntisecbrTeam afirmava: "CBV, vocês erraram de saque".

A mensagem foi retirada por volta das 16h30 (de Brasília).

O fato acontece no mesmo dia em que Ary Graça renunciou ao cargo de presidente da entidade. Nesta semana, a ESPN Brasil publicou mais uma denúncia sobre contratos assinados em sua gestão.

Atualmente, Graça preside a Federação Internacional de Vôlei (FIVB). NA CBV, ele era o mandatário máximo desde 1995.