icons.title signature.placeholder Marcelo Resende
24/03/2014
15:07

Organização de futebol amador, aquela pelada entre amigos. Este é o trabalho do site "Peladeiro.com", fundado em 2000. O serviço funciona em quatro países, além do Brasil: Portugal, Canadá, Estados Unidos e Espanha. O portal tem mais de dois milhões de peladas jogadas, com média de 50 mil partidas no mundo por mês e mais de 700 mil inscritos.

A ferramenta auxilia os grupos de amigos a organizarem o encontro, permitindo fazer o controle financeiro, confirmar presença dos amigos, contabilizar a artilharia e trocar informações entre os participantes. O moderador pode personalizar as ferramentas de acordo com as características da pelada.

O valor cobrado pelo brasileiro Felipe Nascimento, fundador do site, em cada pelada é de 7% em cima do valor pago pelos usuários ao local do jogo. Apostando na comodidade do usuário, desde o dia 15 de março, o pagamento é feito de forma online, através de cartões de crédito. Antes, o "peladeiro" realizava o pagamento por boleto bancário, precisando ir a uma unidade bancária para quitá-lo.

Nascimento tinha 25 anos quando fundou o serviço. E hoje dedica-se integralmente ao seu negócio. O engenheiro de software conta como pensou na ideia de criar um site com este tipo de serviço e revela que ela surgiu a partir de uma necessidade própria.

- Eu organizava três peladas simultaneamente e me vi dedicando muito tempo a elas fora das quatro linhas. O jeito foi partir para as planilhas e, quando percebi que outras pessoas sofriam do mesmo problema, resolvi compartilhar. Acabou virando meu trabalho - lembra o criador do peladeiro.com.

Em média, o site, disponível em três idiomas (italiano, inglês e português), cresce cerca de 150 mil usuários por ano. Nascimento possui a meta de expansão do serviço para Itália, Argentina, México, Paraguai e Uruguai.

Para dar maior visibilidade ao projeto, há quatro anos, o site alinhou-se à empresa de marketing esportivo Klefer, do jornalista, empresário e ex-presidente do Flamengo Kléber leite. Desde o fim de 2010 no Facebook, o peladeiro.com conta atualmente com quase 190 mil fãs.

- A ideia do Felipe é sensacional. Entramos nesta parceria buscando novas dimensões e acreditando na paixão do brasileiro pelo futebol, principalmente na prática do esporte - analisa Kléber Leite Filho, diretor da Klefer.

O portal tem ainda uma parceria com a fabricante de material esportivo Penalty, o que permite aos peladeiros a criarem uniformes personalizados para o seu time.