icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
09/03/2014
15:24

Era o sétimo colocado na fase classificatória enfrentando o vice-líder e forte candidato ao título. Mas a máxima de que os playoffs representam um novo campeonato se fez presente. Neste domingo, o São Bernardo lutou e jogou de igual para igual com o Sesi-SP. Porém, o que prevaleceu foi a experiência do time comandado por Marcos Pacheco, que abriu a série melhor de três com vitória por 3 sets a 2, parciais de 19-21, 22-20, 12-21, 21-15 e 15-9, no Ginásio da Vila Leopoldina, em São Paulo.

Responsável por grandes defesas na partida, o líbero Serginho recebeu o Troféu VivaVôlei de melhor jogador em quadra. O segundo confronto entre os times acontecerá na próxima sexta-feira, às 19h, no Ginásio Adib Moysés Dib, em São Bernardo. Se o Sesi vencer, estará classificado à semifinal.

O Sesi contou com a potência de Lucarelli e Lucão para começar bem o jogo. Mas o São Bernardo brilhou nas defesas e ajudou a fazer da disputa um duelo que se assemelhava até mesmo ao vôlei feminino. Num erro de saque do central da Seleção Brasileira, a equipe do ABC chegou à parada técnica em vantagem de um ponto.

E o jogo era bom para o São Bernardo. Luizinho, pelo meio, travou duelo particular com Lucão e anotou 15-12 para o time visitante.  O vice-líder do torneio só chegou ao empate em contra-ataque de Evandro, quefez 17-17 e obrigou pedido de tempo do técnico Peu. Mas Leozão manteve a eficiência e, após uma bela defesa do líbero Felipe, cravou na diagonal para colocar a equipe amarela à frente no jogo.

O segundo set foi novamente marcado pelo equilíbrio, mas sobretudo pela vontade do São Bernardo. Ygor Ceará tratou de fechar o espaço na paralela para Evandro e, pouco depois, repetiu o feito para cima de Lucão, abrindo 9-6. Mas nem por isso o jogo perdeu equilíbrio.

Serginho deu show nas defesas. Só não conseguiu evitar que Leozão finalizasse um rally que superou os 30 segundos de duração. Mesmo assim, o Sesi voltou para o jogo, selou a virada e igualou a partida após um ataque na rede de Ygor.

Se enganou quem pensava que a queda de rendimento no fim da parcial abalaria o jovem time de Pedro Uehara. O terceiro set foi dominado pelo São Bernardo, que recuperou a eficiência na virada de bola. Um bloqueio de Michael em Renan fez a diferença no placar chegar a 10 pontos (19-9). A definição da etapa veio após um saque deixado na rede pelo ponteiro Mão.

Só no quarto set o Sesi conseguiu chegar à primeira parada técnica em vantagem. Um ataque forte de Lucarelli pelo fundo levou o placar a 7-4. O São Bernardo acumulou erros, e até Leozão perdeu a intensidade de antes. O oposto ainda levou a pior após um ataque e sentiu dores na panturrilha, mas nada que o tirasse de ação.

No set decisivo, o Sesi mostrou tranquilidade e paciência. Qualidades que vêm com a experiência de seus jogadores consagrados. Bem acionado por Sandro, Sidão cresceu nos ataque pelo meio. Rogério deixou sua marca no bloqueio. Mão segurou Michael na saída de rede. E coube ao mesmo ponteiro o ataque que deu fim à partida.

Confira todos os resultados da primeira rodada dos playoffs:

Vôlei Brasil Kirin 3 x 2 Kappesnberg Canoas (Ginásio Taquaral, em Campinas)
Vivo/Minas 3 x 0 RJ Vôlei - (Arena Vivo, em Belo Horizonte)
Sada Cruzeiro 3 x 0 Moda/Maringá - (Ginásio do Riacho, em Contagem)
Sesi-SP 3x2 São Bernardo - (Ginásio da Vila Leopoldina, em São Paulo)