icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
11/04/2014
10:30

O Sesi-SP ganhou um grande reforço para o primeiro desafio das semifinais da Superliga Feminina, contra o Molico/Osasco, equipe que ainda não perdeu na atual edição do campeonato nacional. O time atual campeão sul-americano contará com o retorno da central Bia. O jogo, o primeiro da série melhor de três, será nesta sexta-feira, às 21h30, no Ginásio José Liberatti, em Osasco (SP).

A jogadora sofreu um surto de dengue e não teve condições de participar dos dois duelos finais do confronto de quartas de final contra o Banana Boat/Praia Clube. Nesta sexta, Bia formará dupla com Fabiana na rede e espera por um duelo difícil contra o time da oposto Sheilla.

- Todas estamos pensando em três jogos, pois acho que essa é a semifinal mais difícil. Mas vamos ver o primeiro jogo antes. O fato de jogar em casa dá moral para elas e precisamos ir bem nessa partida - disse Bia.

Apesar do Osasco ainda não ter perdido nos 28 jogos que já disputou nesta Superliga, o Sesi-SP tem motivos para acreditar em vitória. Isso porque a equipe do técnico Talmo de Oliveira venceu o rival de osasco na final do Campeonato Sul-Americano este ano, por 3 a 0.

- A gente tinha um histórico bem ruim contra elas, mas nessa temporada ganhamos duas partidas jogando bem, e a principal de todas, o Sul-Americano. Não é mais aquele bicho de sete cabeças. Sabemos que podemos vencer lá dentro e vamos lá com esse pensamento. Precisamos sacar muito bem, pois isso vai facilitar nosso jogo - falou Bia.

Após o jogo desta sexta, as equipes voltam a se enfrentar no próximo sábado (19), na Vila Leopoldina, em São Paulo (SP). Se uma terceira partida for necessária, ela será disputada novamente em Osasco, no dia 22 deste mês. O vencedor da série irá encarar Unilever ou Vôlei Amil na decisão, que será no dia 27 de abril.