icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
29/11/2014
21:57

Já sem ambições no Brasileiro, o Santos tenta acabar com um jejum de nove partidas sem vencer, neste domingo, às 17h, contra o Botafogo na Vila Belmiro. O último triunfo do Peixe foi há mais de um mês, dia 19 de outubro, sobre o Palmeiras. Já do lado carioca, o clima é de desespero, já que a equipe tem chances remotas de permanecer na Série A.

No entanto, acabar com a série ruim não é a única motivação do Peixe diante do Fogão. Pelo menos para os torcedores, que veem a possibilidade de ajudar a rebaixar a equipe carioca como uma espécie de vingança pela perda do Brasileirão de 1995, em final que os paulistas reclamam de erros de arbitragem até os dias de hoje.

Para este duelo, o técnico Enderson Moreira não poderá contar com o volante Arouca e o atacante Geuvânio, no departamento médico. Robinho, por sua vez, é dúvida. Se o camisa 7 atuar, Leandro Damião deve começar a partida na reserva.

O comandante alvinegro aproveitará o confronto para testar o lateral-direito Daniel Guedes, que fará sua estreia como profissional.

Já do lado carioca, graças aos resultados da rodada do Brasileirão deste sábado, o Botafogo segue com chances de escapar do rebaixamento. A equipe de Vagner Mancini, porém, tem poucas possibilidades de fugir da degola. Para permanecer na Série A, o Botafogo precisa vencer o Santos e depois o Atlético-MG, na última rodada da competição nacional. Mesmo que consiga os seis pontos, o Glorioso ainda vai precisar de uma nova combinação de resultados para seguir na elite do futebol brasileiro.

O time que vai a campo neste domingo tem algumas novidades. Andreazzi deve voltar a ser titular, no lugar de Bolatti. No ataque, Yuri Mamute ganha nova oportunidade. O jovem Maikon, que ainda não estreou, pode ter chance como titular. Marcelo Mattos está suspenso.

FICHA TÉCNICA:
SANTOS X BOTAFOGO

Local: Vila Belmiro, em Santos (SP).
Data e horário: 30/11/2014, às 17h.
Árbitro: Paulo H Godoy Bezerra (SC).
Auxiliares: Fabio Pereira (TO) e Marrubson Melo Freitas (DF).

SANTOS: Aranha, Daniel Guedes, Edu Dracena, David Braz e Caju; Alison, Renato e Lucas Lima; Thiago Ribeiro, Gabigol e Robinho (Leandro Damião)

BOTAFOGO: Jefferson, Régis, Dankler, André Bahia e Junior Cesar; Airton, Andreazzi, Gabriel e Ronny; Yuri Mamute e Bruno Corrêa (Maikon). Téc: Vagner Mancini.