icons.title signature.placeholder Michel Castellar
24/06/2014
21:39

Cerca de 30 brasileiros foram até o hotel onde a seleção de Portugal de hospedou em Brasilia para receber com festa os jogadores, na noite desta terça-feira. Amanhã, véspera do jogo decisivo contra Gana, pela última rodada do Grupo G da Copa, a seleção europeia realiza o último treinamento.

Nenhum torcedor português compareceu ao hotel para a chegada de Portugal, mas brasileiros não faltaram. E o principal responsável pela ida da torcida foi o astro português Cristiano Ronaldo.

- Viemos aqui para recebermos o rei. E ele joga mais do que o Neymar - disse o estudante Filipe do Vale, de 19 anos, vestido com a camisa do Real Madrid.

Filipe estava acompanhado por mais dois amigos, Joelson Cordeiro, de 19 anos, e Rodrigo Marques, de 21 anos, que vestia com a camisa da Seleção Brasileira mas destacou que seu apoio era para Cristiano. E para ver o astro português em campo, vale até sacrifício.

- Vou ao jogo porque consegui convencer o Rodrigo a me vender o ingresso. Mas ele comprou por R$ 30 e me vendeu por R$ 180. Isso que é amigo - brincou Filipe.

Ao verem a recepção na porta do hotel, os portugueses acenaram do ônibus. Cristiano Ronaldo também correspondeu às expectativas e respondeu aos gritos das torcedores.

Para se classificar às oitavas de final da Copa, Portugal precisa de uma combinação de resultados. A seleção europeia ocupa o último lugar no grupo G com um ponto e menos quatro gols de saldo.

Já a seleção de Gana é a penúltima colocada também com um ponto mais com menos um gol de saldo.

Os líderes do grupo G são a Alemanha, que tem quatro pontos e quatro gols de saldo, seguida por Estados Unidos, que tem o mesmo número de pontos e um gol de saldo. As duas seleções se enfrentam também na quinta-feira, às 13 horas.