icons.title signature.placeholder Guto Mariano
22/07/2014
11:14

Sem poder contar com Pedro Ken, que ficará afastado por seis semanas por conta de estiramento no joelho direito, Adilson Batista optou por colocar Aranda no meio de campo, no treino desta terça-feira, em São Januário. Vale lembrar que o paraguaio havia sido a opção do treinador no empate contra o América-RN, quando Pedro Ken saiu lesionado, no último sábado.

Além de Aranda, Adilson Batista realizou mais alguns testes na equipe que enfrenta a Ponte Preta, pela Copa do Brasil. No ataque, o treinador, em determinado momento, colocou Edmilson no time titular no lugar de Thalles. Com a entrada de Aranda no meio de campo, Adilson escalou Guiñazú mais avançado, na posição de Pedro Ken, e utilizou Aranda como primeiro volante. Como outra opção, o treinador sacou o paraguaio e colocou o lateral-esquerdo Marlon. Desta maneira, Diego Renan foi deslocado para o meio de campo.

O zagueiro Rodrigo, que se recupera de inflamação no joelho direito, fez trabalho em separado do restante. Montoya, Marquinhos do Sul, Guilherme Biteco e Lorran, fizeram trabalho técnico atrás de um dos gols.

Durante a maior parte da atividade, que deu enfâse nas saídas de bola e jogadas ensaiadas, o time foi escalado com: Carlos César, Luan, Douglas Silva, Diego Renan ( depois Marlon); Fabrício, Aranda (depois Diego Renan), Guiñazú e Douglas; Kléber e Thalles (depois Edmilson). Os reservas foram com: André Rocha, Rafael Vaz, Anderson Salles e Marlon; Jhon Cley, Dakson, Crispim; Yago, Rafael Silva e Edmilson.

Vasco e Ponte Preta se enfrentam nesta quarta-feira, às 21h50, no Moisés Lucarelli, pela terceira fase da Copa do Brasil.