icons.title signature.placeholder Gabriel Carneiro
14/07/2014
15:16

O time do Corinthians que irá enfrentar o Internacional nesta quinta-feira, às 19h30, já está definido pelo técnico Mano Menezes. A menos que alguma eventualidade atrapalhe os planos nos próximos dias, a escalação será a mesma dos jogos-treino contra São Bernardo, Uberaba, Audax e Corinthians sub-17: Cássio, Fagner, Cleber, Gil e Fábio Santos; Ralf, Elias, Petros e Jadson; Luciano e Guerrero.

No treinamento desta segunda-feira, a três dias do reinício do Campeonato Brasileiro, o treinador mostrou postura ativa, interferiu a todo momento e mudou a forma dos titulares jogarem ao menos duas vezes. O Corinthians variou de esquema, 4-2-3-1 ao 4-3-2-1 e 4-4-2, mas sem mudança de peças. O meia Petros e os atacantes Luciano e Guerrero foram os que mais "sofreram" com as mudanças que tornaram o Timão um time menos previsível - pelo menos na atividade desta segunda-feira.

Com a linha de três formada à frente de Ralf e Elias, com Petros, Jadson e Luciano, Guerrero tem liberdade de ação, inclusive para cair pelos lados. O centroavante atuou como "camisa 9" e também aberto nas duas pontas. Foi nos momentos em que não havia referência que os titulares marcaram os dois gols da vitória por 2 a 0 no treino coletivo. O primeiro foi de Petros, após passe em velocidade de Luciano, e o outro justamente do camisa 18, que ainda briga por espaço na equipe titular.

Os reservas estiveram desfalcados nesta segunda: Ferrugem, com dores no joelho esquerdo, e Guilherme Andrade não participaram da atividade. A equipe de suplentes teve a seguinte formação: Danilo Fernandes, Pedro Henrique, Anderson Martins, Felipe e Uendel; Bruno Henrique, Zé Paulo, Danilo e Renato Augusto; Romarinho e Ángel Romero.

Guilherme, em fase final de negociação com a Udinese, da Itália, não apareceu no campo, assim como o uruguaio Nicolás Lodeiro, que resolve trâmites burocráticos de sua contratação. O goleiro Walter se recupera de uma operação de hérnia e também não treinou. Fizeram trabalhos separados o goleiro Matheus Caldeira, o zagueiro Wanderson, o lateral-esquerdo Guilherme Arana e os atacantes Malcom e Paulinho. Cachito Ramírez, que negocia com a Portuguesa, participou do aquecimento, mas deixou o CT Joaquim Grava antes do fim do treinamento.

Cachito deixou o campo logo que Mano dividiu os times (Foto: Gabriel Carneiro)