icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
13/11/2013
08:02

De peito aberto. Essas foram algumas palavras utilizadas por Dorival Júnior para falar sobre o desafio de assumir o desafio de tirar o Fluminense da zona de rebaixamento faltando cinco jogos para o fim do Campeonato Brasileiro. O treinador disse que assume a responsabilidade do trabalho e ressaltou que tem certeza que a equipe vai se recuperar.

- Sempre vejo na minha frente uma melhor condição, me responsabilizo pelos meus trabalhos. Independente de conquistas, tenho que deixar o clube numa situação melhor. Não tenho receio de enfrentar uma situação como essa, de peito aberto, acreditando profundamente na recuperação da equipe. Vamos sair dessa situação. Espero ser útil aqui dentro e tenho certeza que vai acontecer - disse, na sua apresentação.

E MAIS
- Peter Siemsen consegue apoio político importante para as eleições
- Sem medo, Dorival fala sobre desafio: 'Acredito na recuperação do time

Dorival também falou sobre a carreira e as conquistas ao longo dela, mas afirmou que não se preocupa com o passado, mas com o que vai acontecer daqui para frente. Segundo o treinador, foi este trabalho de qualidade que o colocou para dirigir clubes de ponta no Brasil.

- Eu não sei o que vai acontecer, não me preocupo com o que passou. Fico contente de ter as conquistas que tivemos em dez anos, dois vice-campeonatos que foram quase titulos pela situação que ocorreram. Fico feliz de ter tido atenção e confiança de profissionais de outros clubes, que colocaram na minha mão a possibilidade de dirigir clubes de porte como Fluminense, Flamengo e Vasco.

Dorival e Peter Siemsen afinam discurso para salvar Flu