icons.title signature.placeholder Fellipe Lucena
22/07/2014
17:00

O Palmeiras desembarcou sem alarde em Florianópolis, cidade que vai sediar o jogo de ida contra o Avaí, pela terceira fase da Copa do Brasil, às 19h30 de quarta-feira. Não havia torcedores no aeroporto, e os jogadores foram rapidamente para um ônibus que estava estacionado no local.

O único "assediado" foi o massagista Serginho. Quando os curiosos perceberam que a delegação alviverde acabara de chegar, os atletas já estavam a caminho do hotel em que ficarão hospedados. Um grupo de jovens aproximou-se de Serginho e de outros membros do estafe do clube, que colocavam o pesado material esportivo em um caminhão, e fizeram uma série de perguntas.

- Vai ser 4 a 1 para o Avaí! - disse um deles, antes de se despedir.

O fato de Ricardo Gareca escalar um time misto no confronto da Ressacada pode ter pesado para o interesse nulo da torcida, que em outras cidades protagonizou recepções calorosas. O argentino vai poupar Wendel, Tobio, William Matheus, Mendieta, Renato e Diogo.

Fernando Prass e Lúcio, que costumam ser assediados, estão machucados e não viajaram com o grupo. Alan Kardec e Valdivia, queridos pelos fãs em suas passagens pelo clube, saíram recentemente.