icons.title signature.placeholder Guto Mariano
09/04/2014
11:43

Com desfalque certo do atacante Everton Costa- que foi expulso na primeira partida da final do Carioca - e a presença ainda incerta do artilheiro Edmilson para o duelo decisivo contra o Flamengo, já que o atacante deixou o clássico do último domingo sentindo um incômodo na coxa, o técnico Adilson Batista fez mistério no treino desta quarta-feira, em São Januário, e não deu indícios do time que entrará em campo para a segunda partida da finalíssima.

No gramado da Colina, o treinador cruz-maltino manteve segredo em relação ao time, mesclando titulares e reservas para um treino tático em campo reduzido. O atacante Edmilson e o volante Guiñazú não participaram da atividade. O argentino permaneceu na academia fazendo um trabalho muscular regenerativo. Já o artilheiro do Campeonato Carioca, com onze gols, segue em tratamento na coxa esquerda. Ausência também foi a do goleiro Martin Silva. O uruguaio, assim como no treino de terça-feira, ficou no vestiário fazendo tratamento preventivo.

Adilson Batista testou William Barbio, Montoya e Bernardo de olho em quem será o substituto de Everton Costa. No meio de campo, Fellipe Bastos entrou no lugar de Guiñazú. Em fase final de recuperação, os laterais Diego Renan e Henrique fizeram exercícios separados dos demais.

O Vasco volta a campo no próximo domingo, às 16h, contra o Flamengo, no Maracanã. O Cruz-Maltino necessita vencer para conquistar o título, já que o Rubro-Negro joga pelo empate.

Guiñazú admite cuidados, mas diz estar pronto para a guerra