icons.title signature.placeholder Felipe Mendes
03/04/2014
08:03

Criadas no ano passado, as Seleções Brasileiras masculina e feminina de vôlei de praia estão com novidades em 2014. Se em seu primeiro ano, os técnicos Letícia Pessoa (homens) e Marcos Miranda (mulheres) convocaram os melhores jogadores para a montagem das duplas, dessa vez as parcerias já foram chamadas formadas, respeitando as escolhas feitas por cada um dos jogadores.

– O sistema de Seleções foi implantado no ano passado e estamos aqui para cumprir da melhor forma possível. A manutenção das duplas é justa pelo que elas têm apresentado no Circuito Banco do Brasil. Agora, precisam mostrar que estão aptos para representar o país e buscar os resultados no Circuito Mundial – afirmou Miranda.

Em fevereiro de 2013, baseado no modelo de outros esportes coletivos, a Confederação Brasileira de Vôlei (CBV) decidiu criar as Seleções de praia sob a alegação de fortalecer a modalidade, oferecendo aos atletas uma melhor estrutura de treino.

Uma das dúvidas que permearam os jogadores ao longo da última temporada foi a possibilidade de troca de parceiros. Agora, as mudanças até podem acontecer, mas o que vai definir é a performance nos torneios.

– Os atletas tiveram a oportunidade de escolher suas parcerias. O próximo passo é mostrarem que são times vitoriosos. E acredito que vão se esforçar para que dê certo. Mas a experiência de poder modificar as duplas é interessante. É como em outras profissões. Você vai por um caminho. Se não der certo, tenta outro até acertar mais – disse Pessoa.

De acordo com Miranda, um modelo nunca terá 100% de aprovação. Neste início de ano, Lili, medalhista de bronze no Mundial de 2013, ficou fora. Ela, que tem jogado com a jovem Duda, era parceira de Bárbara Seixas. Esta última agora joga com Ágatha. Ambas foram convocadas pelo treinador.

A mudança ganhou o apoio dos jogadores. Eles também ficaram satisfeitos com o fato de agora os técnicos de cada dupla integrarem as Seleções. Todos os treinadores estão no centro de treinamento de Saquarema (RJ) e vão viajar para as competições na temporada.

– Fiquei satisfeito porque agrega duas visões diferentes, da Leticia e do meu técnico, Renato França. É como se fosse uma preparação dupla – afirmou Emanuel.


As duplas:

Masculino
Foram convocados pela técnica Letícia Pessoa Ricardo/Álvaro Filho, Pedro Solberg/Emanuel, Alison/Bruno Schmidt e Evandro/Vitor Felipe.

Feminino
O técnico Marcos Miranda chamou para esse início de temporada as duplas Juliana/Maria Elisa, Talita/Taiana, Maria Clara/Carol e Ágatha/Bárbara Seixas.