icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
18/06/2014
15:51

Um jogo eletrizante para coroar a Copa do Mundo dos gols bonitos, dos artilheiros e das viradas. Nesta quarta-feira, a Holanda saiu na frente, levou a virada, mas conseguiu retomar a vantagem, superando a Austrália por 3 a 2, no Beira-Rio, pela segunda rodada do Grupo B do Mundial.

A Laranja Mecânica vai para seis pontos e coloca os pés nas oitavas de final. Basta a Espanha não vencer o Chile no Maracanã. Em caso de vitória da Fúria, a Austrália, que não pontuou, ainda não se despedirá da Copa do Mundo.

GOL DE ROBBEN E REAÇÃO IMEDIATA DOS CANGURUS

O jogo começou com alta dose de adrenalina. Com motor nos pés, Robben disparou sem conseguir ser alcançado e foi parar somente na rede adversária.

A Holanda não conseguiu nem dar pinta de goleada. Um minuto depois, Cahill roubou a cena e levantou o Beira-Rio com chutaço de primeira para deixar tudo igual.

A Austrália encarou a Holanda de peito aberto no primeiro tempo. A seleção compensa a falta de técnica com muita luta. Mas tem uma boa jogada pelo lado direito. Leckie costuma ir à linha de fundo e rolar para a batida de Bresciano.

DUAS VIRADAS E JOGO ESPETACULAR

O segundo tempo teve ainda mais emoção. Bozanic chutou na mão de Janmaat. O juiz anotou pênalti convertido por Jedinak. A Austrália teve o controle do jogo por alguns minutos, mas deixou escapar.

A resposta não tardou. Van Persie acabou com a festa dos Socceroos. Tudo igual. Em chute de fora da área, Depay virou o marcador. A Holanda passou a tomar conta do jogo e a correr menos riscos do que na etapa inicial.

FICHA TÉCNICA

AUSTRÁLIA 2 x 3 HOLANDA

Local: Beira-Rio, em Porto Alegre (RS)
Data e hora: 18 de junho de 2014, às 13h (horário de Brasília)
Árbitro: Djamel Haimoudi (AGL)
Cartão Amarelo: Cahill (AUS); Van Persie (HOL)
Cartão Vermelho: -
Gols: Robben, 20'/1ºT (0-1); Cahill, 21'/1ºT (1-1); Jedinak, 9'/2ºT (2-1); Van Persie, 11'/2ºT (2-2); Depay, 21'/2ºT (2-3)

AUSTRÁLIA: Ryan, McGowan, Wilkinson, Špiranovic e Davidson; Leckie, Mckey, Bresciano (Bozanic, 6'2ºT), Jedinak e Oar (Taggart, 31'/2ºT);  Cahill (Haloran, 26'/2ºT). Técnico: Ange Postecoglou

HOLANDA: Cillessen, Janmaat, Vlaar, De Vrij e Bruno Martins (Depay, 46'/1ºT) ; De Jong, De Guzman (Wijnaldum, 33'/2ºT), Blind e Sneijder; Robben e Van Persie (Lens, 40'/2ºT). Técnico: Louis Van Gaal