icons.title signature.placeholder Guilherme Borini
03/06/2014
19:43

A Seleção do Irã é a segunda a chegar ao Brasil para a disputa da Copa do Mundo. Sob forte esquema de segurança, a delegação desembarcou no aeroporto de Guarulhos, em vôo direto de Dubai, às 16h10 desta terça-feira. Os iranianos ficarão hospedados em um hotel de Guarulhos e realizarão a preparação no Centro de Treinamento do Corinthians, a partir desta quarta-feira. O Irã está no grupo F, ao lado de Argentina, Bósnia e Nigéria, primeiro adversário, no dia 16, na Arena da Baixada, em Curitiba.

Jogadores e comissão técnica não tiveram contato com o público nas áreas comuns do aeroporto e embarcaram no ônibus logo após deixarem o avião. O esquema especial de segurança contou com oficiais do Exército e das Polícias Militar, Federal e Rodoviária. Houve escolta ao ônibus, além de bloqueio das vias próximas para a passagem do veículo.

Além de pessoas autorizadas pela Federação do Irã, apenas profissionais de imprensa cadastrados pela Fifa tiveram acesso à delegação e, em rápida entrevista, o técnico Carlos Queiroz demonstrou confiança para surpreender no Mundial.

- Nós ganhamos o direito de estar aqui e agora é tempo de desfrutar. Viemos preparados e durante os 90 minutos de cada jogo vamos tentar fazer o melhor. Estou convencido que vamos dar dor de cabeça para nossos oponentes aqui - declarou o treinador português Carlos Queiroz.

O forte esquema de segurança será repetido com todas as outras seleções que desembarcarão em Guarulhos: Bósnia, Suiça, México, Colômbia, Rússia, Estados Unidos, França, Honduras, Costa Rica, Bélgica, Nigéria, Coréia do Sul e Gana.