icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
13/07/2013
18:39

A Chip Ganassi realmente renasceu na temporada da IndyCar. Com um desempenho agressivo e com muitas ultrapassagens, o neozelandês Scott Dixon venceu a primeira corrida do fim de semana em Toronto (CAN), neste sábado. Foi o segundo triunfo do piloto na temporada, que tinha conquistado a vitória no último fim de semana em Pocono (EUA).

Com o resultado, Dixon subiu para a terceira posição no campeonato. E ele tem grandes chances de incomodar ainda mais o ainda líder Helio Castroneves já que neste domingo, na segunda prova na cidade canadense, ele vai largar na pole position. O brasileiro sai no terceiro posto.

Na prova deste sábado, o francês Sebastian Bourdais ficou com o segundo lugar e o americano Marco Andretti ficou em terceiro.

Companheiro de Dixon, Dario Franchitti tinha terminado a disputa na terceira colocação. No entanto, ele foi punido com um acréscimo de 25 segundos em seu tempo final por bloquear de forma ilegal uma ultrapassagem e caiu para o 13º posto.

Entre os brasileiros, a melhor posição ficou com Tony Kanaan, que chegou em quarto. Já Helinho veio logo em seguida, em quinto.

Após começar a temporada sem mostrar a força habitual, a Chip Ganassi parece ter se acertado. Até o momento, a equipe tem dominado o fim de semana em Toronto. Franchitti largou em primeiro na corrida deste sábado e viu seu companheiro Dixon sair com a vitória. Neste domingo, o vencedor ainda vai sair na primeira posição.

Além do crescimento da Ganassi, a prova vai ficar marcada pelo bom desempenho de Bourdais, as trapalhadas de Will Power e a falta de sorte de Ryan Hunter-Reay. O francês largou na segunda posição, chegou a liderar a corrida em alguns momentos e cruzou a linha de chegada apenas atrás do vencedor.

Já Power, companheiro de Castroneves na Penske, desperdiçou mais uma chance de conseguir um bom resultado. O australiano andou em primeiro em boa parte da corrida, mas errou no fim. Em uma relargada na última volta, quando estava na quarta posição, ele foi com tudo para cima de Franchitti, errou a freada em uma curva e bateu na proteção de pneus.

Já Hunter-Reay começou a prova como vice-líder do campeonato. No entanto, o americano teve problemas duas vezes após a troca de pneus e abastecimento ao deixar o motor do carro desligar. E ainda acertou a proteção de pneus durante uma volta. Assim, viu sua corrida e a boa colocação no campeonato serem desperdiçadas.

Apesar de ter conseguido manter a liderança da IndyCar, Castroneves teve um desempenhoo mediano. Em nenhum momento, ele mostrou ter condições de brigar pela vitória. É bom o brasileiro ficar esperto que a Chip Ganassi acordou.

* Atualizada às 19h05

A Chip Ganassi realmente renasceu na temporada da IndyCar. Com um desempenho agressivo e com muitas ultrapassagens, o neozelandês Scott Dixon venceu a primeira corrida do fim de semana em Toronto (CAN), neste sábado. Foi o segundo triunfo do piloto na temporada, que tinha conquistado a vitória no último fim de semana em Pocono (EUA).

Com o resultado, Dixon subiu para a terceira posição no campeonato. E ele tem grandes chances de incomodar ainda mais o ainda líder Helio Castroneves já que neste domingo, na segunda prova na cidade canadense, ele vai largar na pole position. O brasileiro sai no terceiro posto.

Na prova deste sábado, o francês Sebastian Bourdais ficou com o segundo lugar e o americano Marco Andretti ficou em terceiro.

Companheiro de Dixon, Dario Franchitti tinha terminado a disputa na terceira colocação. No entanto, ele foi punido com um acréscimo de 25 segundos em seu tempo final por bloquear de forma ilegal uma ultrapassagem e caiu para o 13º posto.

Entre os brasileiros, a melhor posição ficou com Tony Kanaan, que chegou em quarto. Já Helinho veio logo em seguida, em quinto.

Após começar a temporada sem mostrar a força habitual, a Chip Ganassi parece ter se acertado. Até o momento, a equipe tem dominado o fim de semana em Toronto. Franchitti largou em primeiro na corrida deste sábado e viu seu companheiro Dixon sair com a vitória. Neste domingo, o vencedor ainda vai sair na primeira posição.

Além do crescimento da Ganassi, a prova vai ficar marcada pelo bom desempenho de Bourdais, as trapalhadas de Will Power e a falta de sorte de Ryan Hunter-Reay. O francês largou na segunda posição, chegou a liderar a corrida em alguns momentos e cruzou a linha de chegada apenas atrás do vencedor.

Já Power, companheiro de Castroneves na Penske, desperdiçou mais uma chance de conseguir um bom resultado. O australiano andou em primeiro em boa parte da corrida, mas errou no fim. Em uma relargada na última volta, quando estava na quarta posição, ele foi com tudo para cima de Franchitti, errou a freada em uma curva e bateu na proteção de pneus.

Já Hunter-Reay começou a prova como vice-líder do campeonato. No entanto, o americano teve problemas duas vezes após a troca de pneus e abastecimento ao deixar o motor do carro desligar. E ainda acertou a proteção de pneus durante uma volta. Assim, viu sua corrida e a boa colocação no campeonato serem desperdiçadas.

Apesar de ter conseguido manter a liderança da IndyCar, Castroneves teve um desempenhoo mediano. Em nenhum momento, ele mostrou ter condições de brigar pela vitória. É bom o brasileiro ficar esperto que a Chip Ganassi acordou.

* Atualizada às 19h05