icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
26/08/2015
16:51

O Santos desistiu de sair da Vila Belmiro para enfrentar o São Paulo, no dia 9 de setembro, pela 23ª rodada do Brasileirão e jogará em casa. Na última terça-feira, o presidente santista, Modesto Roma Júnior, se reuniu com a empresa que havia comprado este e outros dois mandos de jogo e pediu para que o clássico contra o Tricolor seja exclusivamente do Peixe. Em troca, o clube cederá outra bilheteria para os parceiros.

Segundo o presidente do Alvinegro, a mudança se deve a um pedido da comissão técnica e dos jogadores, que publicamente preferem jogar na Vila Belmiro.

- Essa mudança aconteceu por necessidades técnicas. Conversamos a respeito e achamos que jogar na nossa casa é a melhor opção - disse Modesto ao LANCE!.

O técnico Dorival Júnior já havia se manifestado contra os jogos fora de casa.

- Tenho que olhar a parte técnica. Só com isso respondendo o Santos vai conseguir buscar recursos financeiros de outra maneira. Queremos estar dentro da Vila. Não queremos ter que estar em outros campos quando o mando seria do Santos. Isso traz uma diferença considerável. Outras equipes também encontram dificuldades. Eu passei por duas ou três que tiveram problemas fora de seus domínios. Por isso não gostaria que isso se repetisse. Seria um prejuízo técnico. Espero que mantenhamos os jogos aqui dentro - opinou.

Além do duelo contra o São Paulo, o Peixe vendeu para a mesma empresa os jogos nos dias 4 de outubro (30ª rodada do Brasileirão) e 18 de novembro (35ª), para enfrentar Fluminense e Flamengo, respectivamente. Porém, o local das partidas ainda não foi fechado pela empresa responsável pelo evento.

O Santos desistiu de sair da Vila Belmiro para enfrentar o São Paulo, no dia 9 de setembro, pela 23ª rodada do Brasileirão e jogará em casa. Na última terça-feira, o presidente santista, Modesto Roma Júnior, se reuniu com a empresa que havia comprado este e outros dois mandos de jogo e pediu para que o clássico contra o Tricolor seja exclusivamente do Peixe. Em troca, o clube cederá outra bilheteria para os parceiros.

Segundo o presidente do Alvinegro, a mudança se deve a um pedido da comissão técnica e dos jogadores, que publicamente preferem jogar na Vila Belmiro.

- Essa mudança aconteceu por necessidades técnicas. Conversamos a respeito e achamos que jogar na nossa casa é a melhor opção - disse Modesto ao LANCE!.

O técnico Dorival Júnior já havia se manifestado contra os jogos fora de casa.

- Tenho que olhar a parte técnica. Só com isso respondendo o Santos vai conseguir buscar recursos financeiros de outra maneira. Queremos estar dentro da Vila. Não queremos ter que estar em outros campos quando o mando seria do Santos. Isso traz uma diferença considerável. Outras equipes também encontram dificuldades. Eu passei por duas ou três que tiveram problemas fora de seus domínios. Por isso não gostaria que isso se repetisse. Seria um prejuízo técnico. Espero que mantenhamos os jogos aqui dentro - opinou.

Além do duelo contra o São Paulo, o Peixe vendeu para a mesma empresa os jogos nos dias 4 de outubro (30ª rodada do Brasileirão) e 18 de novembro (35ª), para enfrentar Fluminense e Flamengo, respectivamente. Porém, o local das partidas ainda não foi fechado pela empresa responsável pelo evento.