icons.title signature.placeholder Bruno Cassucci
15/11/2013
06:08

A fim de sair na frente de seus concorrentes, a diretoria do Santos já se movimenta em busca de reforços. Além de enfrentar o “leilão“ pela contratação do meia-atacante Marlone, do Vasco, o Peixe iniciou negociações por Eduardo Vargas, atacante de 23 anos que pertence ao Napoli (ITA) e tem contrato de empréstimo com o Grêmio até o fim desta temporada.

Na manhã de quinta, o superintendente de esportes alvinegro, André Zanotta, se reuniu com um representante do clube italiano e o empresário Paulo Affonso, que tem bom relacionamento com os napolitanos e tenta intermediar a operação. Cristiano Miller, sócio de Paulo, também esteve no encontro.

A ideia da diretoria santista é já traçar uma estratégia para ter o chileno. O clube pretende contratá-lo por empréstimo, mas o Napoli, que não pretende continuar com ele, prefere vendê-lo. O Peixe, porém, acredita que pode convencer os italianos, pagando uma compensação financeira e alegando que Vargas terá boa exposição na Vila Belmiro. A permanência do jogador no Grêmio é quase descartada.

O vazamento do interesse em Vargas irritou os santistas, que cobraram sigilo de Paulo Affonso. Ele não quis conceder entrevista.

O presidente em exercício do Santos, Odílio Rodrigues, elogia o chileno, mas adota cautela.

– O Napoli pagou um alto valor pelo Vargas.Pelo que sei, eles não querem mais emprestá-lo. Ele é um grande jogador, existem conversas, especulações, mas nada definido.