icons.title signature.placeholder Gabriel Carneiro
03/04/2014
06:01

Apesar do fechamento da janela internacional de transferências ter sido na última terça-feira, o Santos não desistiu de contratar o zagueiro Fernando Tobio, do Vélez Sarsfield, da Argentina.

No início da semana, o superintendente santista André Zanotta e o observador Sandro Orlandelli viajaram ao país vizinho para, entre outros negócios, apresentar uma proposta de pré-contrato ao argentino de 24 anos, que tem vínculo com o Vélez por apenas mais três meses e, de acordo com o regulamento da Fifa, está livre para negociar com outros clubes. E um fator recente aumentou ainda mais a confiança do Peixe em se reforçar com o zagueiro, que já tem passagens pela seleção da Argentina.

Na terça, em partida contra o Olimpo que colocou o Vélez na liderança do Campeonato Argentino, Tobio sofreu uma lesão séria na coxa direita, e ficará em tratamento pelo período entre um mês a um mês e meio. Consciente da lesão e do pouco tempo que resta para o fim do contrato de Tobio com o Vélez, o Santos deixou sua estrutura médica à disposição dos dois representantes do zagueiro, que tentam a liberação imediata, mas encontram resistência do próprio jogador.

Tobio é uma das maiores joias da base do Vélez, e já recebeu diversas sondagens de clubes europeus, como o Benfica. A torcida tem apreço especial pelo jogador, que se recusou a vir para o Brasil sem que o clube de origem recebesse alguma compensação financeira.

Na semana passada, dois empresários tentaram colocar Tobio no Santos, mas não houve tempo até o fechamento da janela, e o clube optou por contratar Bruno Uvini por empréstimo do Napoli, da Itália. Pensando na sequência da temporada, o Peixe manteve atenções voltadas para um zagueiro, e Tobio é o plano A do momento. O Vélez sabe que dificilmente segura o jogador, mas reluta em liberá-lo antes de julho.