icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
22/06/2014
08:00

O Santos comemora neste domingo três anos do último título da Copa Libertadores. O Peixe, que foi campeão nos anos de 1962 e 1963, quando tinha Pelé em campo, com o novo ídolo, nascido na Base da Vila Belmiro, Neymar, conquistou o tri no dia 22/06/2011, em dois confrontos contra o Peñarol (URU). Com um empate por 0 a 0 no Uruguai e a vitória por 2 a 1, no Pacaembu, o Alvinegro sagrou-se campeão.

Quem vê os números da campanha do Santos no tricampeonato da América, sete vitórias, seis empates e apenas uma derrota, acredita que a taça veio de uma maneira fácil, mas não foi isso que aconteceu. O Santos teve um início de torneio difícil. Com chances de ser eliminado na primeira fase, o Alvinegro conseguiu três vitórias nos últimos três jogos do grupo para poder passar para o mata-mata.

Nos duelos decisivos, em ordem, contra América do México, Once Caldas (COL), Cerro Porteño (PAR) e na grande final Peñarol (URU), Neymar e CIA levou o título para a Vila.

O time treinado por Muricy Ramalho, entrou em campo com: Rafael, Danilo, Edu Dracena, Durval, Léo, Adriano, Arouca, Elano, Ganso, Neymar e Zé Eduardo. Apenas o capitão Edu e o volante Arouca permanecem no atual elenco do Santos.