icons.title signature.placeholder Gabriel Carneiro
21/04/2014
14:46

Substituído por lesão aos 12 minutos do segundo tempo da partida de estreia do Campeonato Brasileiro, contra o Sport, o zagueiro Neto se tornou o novo motivo de preocupação do departamento médico do Santos. Os dois jogadores que seriam titulares da zaga alvinegra, Edu Dracena e Gustavo Henrique, estão lesionados e só voltam após a Copa do Mundo. Agora, as atenções se voltam para que o tempo de recuperação do camisa 28 não seja tão longo.

Após uma bola ser levantada na área, Neto esticou demais a perna esquerda para tentar o arremate ao gol de Magrão, mas não conseguiu marcar o que seria o primeiro gol do Santos na partida, e ainda precisou deixar o campo por ter feito movimento brusco com o músculo da coxa. Assim, o empate por 1 a 1, que gerou vaias por parte da torcida do Peixe, não é o único problema para a semana livre de jogos do técnico Oswaldo de Oliveira.

Os exames detalhados de Neto serão realizados nesta terça-feira, para identificar qual a lesão e também sua verdadeira gravidade. No entanto, os médicos que fizeram a observação inicial do caso acreditam que pode se tratar de uma lesão muscular de grau 2, o que exigiria de duas semanas a um mês de tratamento. O problema é que se for lesão de grau 3, o prazo de recuperação também aumenta, e pode afastar Neto de atividade até a parada da Copa do Mundo.

Neto faz tratamento com gelo desde o momento da lesão e ficará em repouso até a realização dos exames. O jogador torce para que as dores não persistam e nenhuma lesão seja diagnosticada.