icons.title signature.placeholder Russel Dias
25/06/2014
07:05

A Comissão Fiscal do Santos divulgou na noite desta terça-feira, durante reunião do Conselho Deliberativo, na Vila Belmiro, o balancete do primeiro trimestre deste ano, referente à receita do clube nos três meses iniciais. No resultado final, a comissão fiscal esclareceu que o clube fechou março com um saldo negativo de R$ 2 milhões.

Ao todo, foram arrecadados R$ 56, 792, 339 e gastos R$ 43,300,923 até o terceiro mês de 2014, mas a diferença de R$ 13,6 milhões logo foi sendo diminuída com o restante.

Segundo Marcos Zeli, presidente da Comissão Fiscal do Peixe,o restante foi destinado à amortização e depreciação de dívidas do futebol, como direitos de imagem de jogadores e gastos mais antigos, de atletas que não fazem mais parte do Santos.

O valor ainda não foi auditado, já que o procedimento só é feito por semestre e o clube irá contratar outra empresa para o serviço, já que o contrato da Ernst&Young terminou após a entrega do balanço do ano passado, que foi fechado com um déficit de mais de R$ 40 milhões.