icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
21/12/2013
11:23

Bahia, Vitória e Sport representarão o Nordeste na Série A de 2014 e tentarão surpreender os gigantes do Sul e do Sudeste, sempre favoritos. Serão três equipes da Região assim como em outros cinco anos desde que os pontos corridos foram adotados, em 2003. Seguir na elite é o grande desafio dessas equipes, que dependem de planejamentos eficazes – O Vitória provou isso ao quase se classificar para a Libertadores. Veja um pouco do que tem sido feito nesses três clubes.

O Bahia passa por uma verdadeira reformulação. Jogadores como Fernandão, William Barbio e Marquinhos Gabriel já saíram, enquanto Galhardo, do Santos, e Branquinho são algumas das novidades dentro de campo. Fora dele, o técnico Marquinhos Santos e o diretor de futebol William Machado chegaram. O desafio da dupla será grande, pois o Tricolor lutou contra o rebaixamento desde que retornou à elite do Brasileirão, em 2012.

O Vitória encerrou o ano em alta: fez a segunda melhor campanha no returno do Brasileirão, fechando a competição em quinto lugar. Ney Franco segue no comando do Leão, que não conseguiu manter os zagueiros Kadu e Victor Ramos, mas renovou com os laterais Ayrton e Juan e segue negociando para manter Escudero, vinculado ao Boca Juniros, e Maxi Biancucchi.

– Estamos muito próximos de renovar com o Escudero. Ele gostou do clube e da cidade, assim como a sua família, que não quer ir embora. A diferença do que ele pediu e do que nós podemos pagar já diminuiu. Estamos otimistas – destacou Epifânio Carneiro, vice-presidente do Vitória, ao LANCE!Net, antes de citar o caso de Maxi:

– A distância para ele é um pouco maior, mas acreditamos na sua permanência.

Já o Sport, terceiro colocado na Série B-2013, renovou com o técnico Geninho e busca manter o atacante Marcos Aurélio, de 32 gols no ano, além de repatriar o zagueiro Durval, ex-Santos. O primeiro pertence ao Internacional, que não está disposto a seguir pagando parte do salário do jogador, o que tem sido uma dificuldade a mais para o Leão, ciente das dificuldades que terá no primeiro ano do seu retorno à elite.

– Precisamos de um planejamento sem erros para 2014 – pontuou Nei Pandolfo, diretor executivo de futebol do clube, ao L!Net.

OPINIÕES DIRETO DO NORDESTE 

O Nordeste terá três representantes na Primeira Divisão do ano que vem. Como será o planejamento dos clubes para a disputa da Série A? Haverá muita movimentação de transferências?

Epifânio Carneiro
Vice-presidente do Vitória
O bom fim de temporada nos motiva para 2014 e teremos um time forte. Mas existe uma certeza: o Vitória terá os pés no chão. Seguiremos com a política de pagar salários em dia. Não abrimos mão disso. É a nossa filosofia.

Nei Pandolfo
Diretor executivo de futebol do Sport
Esperamos montar um time qualificado já para o início do ano, quando teremos Copa Nordeste, Estadual e Copa do Brasil. Não queremos outro time para o Brasileiro. Com a parada para a Copa, poderemos fazer alguns ajustes.

Miro Palma
Setorista do Bahia no "Correio"
É uma diretoria nova e sem experiência. O Bahia passa por dificuldades nos cofres e prometeu que não vai extrapolar o orçamento para a próxima temporada. As contratações serão realizadas com cautela e estudo.

SOBE E DESCE NO NORDESTE

SOBE

DAMIÁN ESCUDERO
O meia argentino foi liberado pelo Boca Jrs e deve acertar a renovação com o Vitória em breve.

MARCOS AURÉLIO
Artilheiro do Sport na temporada, com 32 gols no ano, o atacante é uma das prioridades no Sport.

MARCELO LOMBA
Grande destaque do Bahia, foi chamado de "nosso Rogério Ceni" pela diretoria do Tricolor baiano.

JUAN
O lateral-esquerdo reencontrou o bom futebol pelo Vitória. O Rubro-Negro renovou com o jogador para a temporada 2014.

FEIJÃO
O volante marcou o milésimo gol do Bahia no Brasileirão e tem o nome ligado ao Flamengo para o ano que vem.

... E DESCE

GABRIEL SANTOS
O defensor chegou como solução para a zaga do Sport, mas não rendeu e foi dispensado.
DEOLA
Depois de se lesionar, perdeu espaço para Wilson no gol do Vitória. Não renovou com o Leão para o próximo ano.

FREDDY ADU
O "novo Pelé" norte-americano chegou cheio de bossa ao Bahia, mas entrou em campo raras vezes. Foi uma decepção.

MICHEL
O volante começou a temporada no Vitória como titular absoluto. Perdeu espaço e é cotado para deixar o Rubro-Negro.

CHUMACERO
O volante boliviano não agradou na temporada pelo Sport e voltará de empréstimo ao The Strongest em 2014.