icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
19/03/2014
22:19

Ronaldinho, enfim, desencantou com a camisa do Atlético-MG em 2014. O craque precisou de sete partidas para balançar a rede adversária. Embora tenha marcado, de pênalti, no empate diante do Nacional (PAR), nesta quarta-feira, ele desperdiçou outra cobrança antes de celebrar o seu tento com a torcida no Estádio Independência. Ao término da partida, o camisa 10 creditou o erro ao conhecimento do goleiro Don sobre o seu futebol.

– É um cara que me conhece bem. Ele vinha me estudando há muito tempo. Bati forte no canto e ele acabou acertando. Temos que treinar cada vez mais para voltar a ter grandes atuações e ajudar o Atlético – disse o meia-atacante, que ainda avaliou a segunda cobrança:

– No segundo pênalti, não saiu tão bem quanto o primeiro, mas a bola acabou entrando. Nem sempre uma boa partida acaba saindo certo.

LEIA MAIS:
> Atlético-MG perde pênalti e só empata em casa contra o Nacional
> Fernandinho se lesiona no empate do Atlético-MG no Horto

O técnico Paulo Autuori saiu em defesa de Ronaldinho ao término do confronto e reforçou a confiança que tem no craque.

– Agora vamos entrar em uma fase diferente, com jogos decisivos. Não tem essa do Ronaldinho sair, ele está trabalhando. De uma hora para outra ele decide um jogo. Todos os jogadores de talento são assim – declarou.

Nas sete partidas que atuou, Ronaldinho contabiliza apenas um gol, anotado nesta noite, e duas assistências, contra Zamora (VEL) e o próprio Nacional (PAR), na semana passada, no Paraguai.