icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
04/07/2013
00:39

Chegar à final da Copa Libertadores tornou-se uma missão complicadíssima para o Atlético-MG. O time precisa vencer o Newell’s Old Boys (ARG), na Arena Independência, por três ou mais gols de diferença para atingir tal feito, após a derrota por 2 a 0 na noite desta quarta-feira, em Rosário. Apesar do grau de dificuldade, o meia-atacante Ronaldinho, principal nome da equipe, ainda crê na classificação e garante que o Galo "conquistará a vaga".

– A gente vai fazer tudo, vamos deixar sangue lá (no Independência), mas vamos passar para a próxima fase – disse.

O craque elogia a exibição do Alvinegro antes de tomar o gol e volta a assegurar a classificação do time para a grande decisão do torneio continental.

– É um resultado que não era esperado, mas vamos continuar brigando. Não tem nada acabado. Vamos para final e a gente vai dar a volta por cima. Começamos o segundo tempo muito bem, mas num bate-rebate, bola aérea, demos mole dentro da área e saiu o gol. Agora é continuar trabalhando – afirmou.

Para finalizar, Ronaldinho ainda prometeu muita pressão no Horto, onde o Atlético nunca perdeu desde a reinauguração do estádio. São 50 jogos de invencibilidade no local.

– Foram dois gols que não poderíamos ter tomado. Agora a mesma pressão que eles fizeram aqui, lá vai ser em dobro – concluiu.

Chegar à final da Copa Libertadores tornou-se uma missão complicadíssima para o Atlético-MG. O time precisa vencer o Newell’s Old Boys (ARG), na Arena Independência, por três ou mais gols de diferença para atingir tal feito, após a derrota por 2 a 0 na noite desta quarta-feira, em Rosário. Apesar do grau de dificuldade, o meia-atacante Ronaldinho, principal nome da equipe, ainda crê na classificação e garante que o Galo "conquistará a vaga".

– A gente vai fazer tudo, vamos deixar sangue lá (no Independência), mas vamos passar para a próxima fase – disse.

O craque elogia a exibição do Alvinegro antes de tomar o gol e volta a assegurar a classificação do time para a grande decisão do torneio continental.

– É um resultado que não era esperado, mas vamos continuar brigando. Não tem nada acabado. Vamos para final e a gente vai dar a volta por cima. Começamos o segundo tempo muito bem, mas num bate-rebate, bola aérea, demos mole dentro da área e saiu o gol. Agora é continuar trabalhando – afirmou.

Para finalizar, Ronaldinho ainda prometeu muita pressão no Horto, onde o Atlético nunca perdeu desde a reinauguração do estádio. São 50 jogos de invencibilidade no local.

– Foram dois gols que não poderíamos ter tomado. Agora a mesma pressão que eles fizeram aqui, lá vai ser em dobro – concluiu.