icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
10/02/2015
18:28

Santos e São Paulo se encontrarão em momentos diferentes, nesta quarta-feira, às 22h, pela quarta rodada do Paulistão, na Vila Belmiro. Enquanto o Tricolor, que disputa a Libertadores, manteve sua base com jogadores reconhecidos, como Ganso, Michel Bastos, Kardec, Pato e Luis Fabiano, o Peixe viveu um período de transição, em que perdeu atletas por problemas de atraso no pagamento dos salários.

Em meio à reformulação, o atacante Robinho, novo capitão do time, descartou a possibilidade de o rival chegar como favorito no San-São e fez questão de lembrar que seus companheiros têm qualidade para vencer.

- Nosso time está preparado para fazer um grande clássico. Temos jogadores de nível de Seleção aqui também, estamos confiantes de fazer um grande jogo amanhã (quarta). Temos condições de vencer. - afirmou o Rei do Drible após o treino desta terça-feira.

Além de ter sido campeão brasileiro em 2002 e 2004, o camisa 7 esteve no time de Neymar e Ganso, que faturou o Paulista e a Copa do Brasil de 2010. Para engrandecer ainda mais a geração liderada por Gabigol e Geuvânio, o ídolo santista aposta em mais títulos com outros garotos.

- Sou mais velho, mas me sinto menino com eles aqui. Me sinto abençoado em fazer parte dessas gerações, jogar com grandes jogadores como Neymar, Ganso e agora Gabigol. São garotos talentosos, mas para fazer história no clube temos que vencer títulos e já queremos levar esse Paulista - comentou.

Desde que retornou ao Santos, no meio do ano passado, Robinho jogou três clássicos, contra Corinthians, Palmeiras e São Paulo, mas não balançou as redes em nenhum. Mesmo sem se dar conta disso, a referência alvinegra em campo crava que não quer passar mais um clássico sem anotar seu tento.

- Não sou camisa 9 especifico, mas como atacante sempre quero fazer gol. Nem sabia que não tinha feito gol nos clássicos do ano passado. Espero que amanhã a bola possa entrar - concluiu.