icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
06/02/2015
15:28

Foi em Martin Luther King, famoso ativista político norte-americano, líder do movimento dos direitos civis para negros e vencedor do Prêmio Nobel da Paz em 1964, que Zé Roberto se inspirou para fazer a já famosa preleção que antecedeu a vitória do Palmeiras sobre o Osasco Audax, na rodada inaugural do Campeonato Paulista.

- A liderança vai muito do perfil da pessoa. Eu sempre tive essa liderança, desde pequeno, dentro da minha casa, porque eu meio que liderava meus irmãos nas tarefas. Minha mãe tinha dois empregos e meu pai tinha saído de casa. A liderança lá era quem ia cozinhar, lavar a roupa, buscar minha mãe... Cresci com isso e, nos clubes, tento colocar em prática. Um líder em quem eu sempre me espelhei, pelas suas frases, por sua liderança, sua ideologia, foi o Martin Luther King. Quando eu vi o discurso dele, quando ele falou "I have a dream", "eu tenho um sonho", eu comecei a pesquisar - disse o camisa 11, nesta sexta-feira.


Zé Roberto foi poupado na derrota por 1 a 0 para a Ponte Preta, nessa quinta-feira, mas voltará a usar a braçadeira de capitão no clássico contra o Corinthians, domingo, no Allianz Parque. E ele já adianta que não deve repetir o discurso acalorado que "arrepiou" o técnico Oswaldo de Oliveira, empolgou membros da diretoria, acendeu a torcida e motivou os jogadores naquele dia.

- Aquilo que eu falei saiu do meu coração. E saía do coração de Martin Luther King também, tentando lutar por um direito igual diante de uma nação. Domingo, a maior motivação é a rivalidade desse clássico, não uma preleção. A maior motivação é saber que há alguns anos não vencemos o Corinthians (desde 2011), que o estádio vai estar cheio dos nossos torcedores - declarou o veterano de 40 anos.

- Aquelas coisas saíram do meu coração. Às vezes, serviu para alguns e não teve nada a ver para outros. O mais importante é que a gente conseguiu colocar aquilo que a gente pensa - completou Zé Roberto.

E MAIS:
> Apenas nove das 275 mortes ligadas ao futebol ocorreram nos estádios
> PM endossa decisão e organizadas dos dois clubes repudiam
> Corintianos protestam no Parque São Jorge
> Galeria de fotos históricas de Palmeiras x Corinthians
> ENQUETE: você é a favor ou contra as torcidas únicas em clássicos?