icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
28/02/2015
23:52

O card peliminar do UFC 184, que aconteceu em Los Angeles (EUA), neste sábado, contou com duas vitórias brasileiras e uma derrota. Valmir Bidu e Roan Jucão conquistaram triunfos em suas respectivas lutas contra James Krause e Mark Muñoz. Já Dhiego Lima, foi nocauteado por Tim Means. Os resultados somaram uma vitória na decisão, uma via finalização e uma derrota por nocaute.

Último brasileiro a se apresentar no card preliminar do show, Jucão subiu ao octógono para uma reestreia após sete anos afastado da organização. Apesar de atuar naturalmente como um meio-médio, o brasileiro performou como peso médio e fez bonito. Contra Muñoz, ele começou o combate com calma, esperou as tentativas de quedas do rival e encaixou um mata-leão para finalizar o oponente aos um minuto e 40 segundos.Grande retorno do atleta ao Ultimate. 

Dhiego Lima participou do The Ultimate Fighter 19, chegou à final, mas acabou nocauteado por Eddie Gordon, em julho passado. Após isso, ele venceu Jorge Blade no UFC de Uberlândia, em novembro, mas acabou derrotado por Tim Means no UFC 184. Aceitando a trocação franca, o brasileiro foi abalado por uma joelhada e uma cotovelada de Means no rosto que o derrubaram. 

Vindo de derrota na estreia, Valmir Bidu entrou determinado para comprovar que sua primeira luta contou com o peso e a pressão de atuar pela organização pela primeira vez. O atleta da Nova União mostrou consciência na trocação, boas esquivas, e, apesar do cansaço nos minutos finais, foi superior que Vick para alcançar o triunfo na decisão unânime dos juízes.