icons.title signature.placeholder Michel Castellar
21/11/2014
17:49

Vender um milhão e meio de bichos de pelúcia das mascotes dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos é o objetivo do Comitê Organizador Rio-2016. Os dois símbolos cariocas serão revelados no domingo e, a primeira aparição pública, ocorrerá na segunda-feira.

- Os produtos licenciados dos Jogos vão gerar vendas de R$ 1 bilhão no varejo. E os produtos relacionados às mascotes serão responsáveis por 25% desse valor - explicou a  gerente-geral de Licenciamento, Varejo e Concessões, Sylmara Multini.

Com o lançamento das mascotes, a loja oficial on-line do Rio-2016 entrará no ar. A previsão é a de que até o fim deste mês ela já esteja em operação e somente dos símbolos dos Jogos terá à disposição bichos de pelúcia, camisetas, bonés e pins.

Para aproveitar o entusiasmo com o lançamento das mascotes, dois modelos de bichos de pelúcia olímpicos e dois paralímpicos, nos tamanhos de 30cm e 45cm, estarão à venda. Até 2016, outros 26 modelos de bichos de pelúcia, com tamanhos e roupas distintas, serão lançados no mercado.

Amigos olímpicos no Pão de Açúcar

Na manhã desta sexta-feira, as mascotes olímpicas de outros edições de Jogos foram a um encontro com crianças da rede muncipal de ensino no Morro da Urca, na Zona Sul, e à tarde, estiveram no Cristo Redentor e na Praia de Copacabana. Misha (Moscou-1980), Athena (Atenas-2004), Fu Niu Lele (Pequim-2008), além de Wenlock e Mandeville (Londres-2012) vieram ao Rio para conhecer as novas mascotes das competições cariocas.

No sábado, as cinco mascotes estarão no Maracanã, onde também serão recepcionadas por alunos da rede municipal.