icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
14/07/2013
17:58


Com empenho no gramado do Pacaembu, mas com a cabeça nas decisões de quarta-feira, o Atlético-MG derrotou o Corinthians por 1 a 0 na tarde deste domingo, no Pacaembu. O gol foi marcado por Rosinei após cruzamento de Bernard. Foi a terceira vitória mineira e a segunda derrota do Alvinegro paulista no Brasileirão 2013, após sete rodadas.

Os clubes se enfrentaram com equipes mescladas de titulares e reservas, mas por motivos diferentes. Enquanto o técnico Cuca poupou alguns de seus principais jogadores (Ronaldinho Gaúcho nem foi relacionado), Tite não contou com Danilo, Renato Augusto, Douglas e Emerson Sheik, todos machucados.

E justamente por causa dessas ausências, principalmente na armação das jogadas, o confronto teve um início no toma-lá-dá-cá. Com formações ofensivas nos dois times, a bola ficou praticamente o tempo todo nos campos de ataque, com chances de gol de ambos os lados. A primeira grande chance foi do corintiano Romarinho, que driblou três zagueiros, mas chutou mascado de esquerda, passando à esquerda do gol de Victor. Na sequência, o Galo teve um gol impedido de Réver, e, pouco depois, Ralf acertou um chutaço por cobertura que Victor mandou para escanteio.

Clique aqui e confira a classificação do Campeonato Brasileiro

Os lances de perigo continuaram até que Rosinei desviou de ponta de chuteira um cruzamento de Bernard, da esquerda, e superou Cássio, abrindo o placar no Pacaembu. Atrás do marcador, o Corinthians partiu para o ataque e o panorama do jogou se alterou um pouco, com o Galo mais na marcação e partindo nos contra-ataques, enquanto os paulistas forçavam, principalmente, pelo lado esquerdo, com Ibson e Pato. Apesar da pressão no fim do primeiro tempo, com ótimas defesas de Victor, o Timão não conseguiu furar o bloqueio mineiro.

Pato tenta passar pela forte marcação de Réver (Foto: Eduardo Viana/ LANCE!Press)

Tudo ou nada

A segunda parcial começou com os times mais abertos que na primeira. No entanto, apesar do ímpeto inicial corintiano, foram do Galo as principais chances de gol. Guilherme e Rosinei quase ampliaram o placar, mas erraram no arremate final. Faltava ao Corinthians alguém que pegasse a bola no meio de campo e cadenciasse o jogo até encontrar um atacante em boa posição para marcar, como Danilo ou Renato Augusto. Ibson, o único na armação pelo meio, não teve uma boa apresentação.

Como não tinha esse homem, o técnico Tite tirou o zagueiro Paulo André aos 26 minutos para colocar outro atacante, Paulo Victor, na direita, voltando Romarinho para a armação das jogadas no meio, ao lado de Ibson, e deixando Pato na esquerda, mas mesmo assim o Corinthians não conseguiu furar a eficiente defesa do Galo com Gilberto Silva, Réver, Marcos Rocha (que substituiu o lesionado Júnior César) e Rafael Marques.

No fim, Tite fez outra tentativa com o atacante Léo no lugar de Pato, que não conseguia sair da marcação rival, mas, mesmo assim, não surtiu efeito e o Timão saiu derrotado do Pacaembu com mais de 32 mil pagantes.

Antes de voltar a campo pelo Brasileirão, as duas equipes têm confrontos decisivos na próxima quarta-feira. Após vencer o jogo de ida por 2 a 1, o Corinthians tenta o título da Recopa Sul-Americana às 21h50, no Pacaembu, contra o São Paulo. Já o Galo vai até o Paraguai, no mesmo horário, para o primeiro jogo da decisão da Libertadores, contra o Olimpia.

TABELA: Confira a classificação do Brasileirão 2013

TEMPO REAL: Confira todos os lances do duelo no Pacaembu

FICHA TÉCNICA:
CORINTHIANS 0 x 1 ATLÉTICO-MG

Local: Pacaembu, São Paulo (SP)
Data/Hora: 14/7/2013 - 16h
Árbitro: Wilton Pereira Sampaio (GO)
Auxiliares: Fabrício Vilarinho da Silva (GO) e Marrubson Melo Freitas (DF)
Renda/ Público: 32.797 pagantes / R$ 1.152.192,00
Cartões amarelos: Michel, Luan e Guilherme (CAM); Guilherme e Fábio Santos (COR)
Cartões vermelhos: Não houve

GOL: Rosinei, 36'/1ºT (0-1)

CORINTHIANS: Cássio, Edenílson, Gil, Paulo André (Paulo Victor, 26'/2ºT) e Fábio Santos; Ralf, Guilherme, Ibson e Romarinho; Alexandre Pato (Léo, 37'/2ºT) e Guerrero. Técnico: Tite

ATLÉTICO-MG: Victor, Michel, Réver (Lucas Cândido, Intervalo), Rafael Marques e Junior Cesar (Marcos Rocha, 8'/2ºT); Gilberto Silva e Rosinei; Neto Berola (Luan, 14'/2ºT), Guilherme e Bernard; Alecsandro. Técnico: Cuca


Com empenho no gramado do Pacaembu, mas com a cabeça nas decisões de quarta-feira, o Atlético-MG derrotou o Corinthians por 1 a 0 na tarde deste domingo, no Pacaembu. O gol foi marcado por Rosinei após cruzamento de Bernard. Foi a terceira vitória mineira e a segunda derrota do Alvinegro paulista no Brasileirão 2013, após sete rodadas.

Os clubes se enfrentaram com equipes mescladas de titulares e reservas, mas por motivos diferentes. Enquanto o técnico Cuca poupou alguns de seus principais jogadores (Ronaldinho Gaúcho nem foi relacionado), Tite não contou com Danilo, Renato Augusto, Douglas e Emerson Sheik, todos machucados.

E justamente por causa dessas ausências, principalmente na armação das jogadas, o confronto teve um início no toma-lá-dá-cá. Com formações ofensivas nos dois times, a bola ficou praticamente o tempo todo nos campos de ataque, com chances de gol de ambos os lados. A primeira grande chance foi do corintiano Romarinho, que driblou três zagueiros, mas chutou mascado de esquerda, passando à esquerda do gol de Victor. Na sequência, o Galo teve um gol impedido de Réver, e, pouco depois, Ralf acertou um chutaço por cobertura que Victor mandou para escanteio.

Clique aqui e confira a classificação do Campeonato Brasileiro

Os lances de perigo continuaram até que Rosinei desviou de ponta de chuteira um cruzamento de Bernard, da esquerda, e superou Cássio, abrindo o placar no Pacaembu. Atrás do marcador, o Corinthians partiu para o ataque e o panorama do jogou se alterou um pouco, com o Galo mais na marcação e partindo nos contra-ataques, enquanto os paulistas forçavam, principalmente, pelo lado esquerdo, com Ibson e Pato. Apesar da pressão no fim do primeiro tempo, com ótimas defesas de Victor, o Timão não conseguiu furar o bloqueio mineiro.

Pato tenta passar pela forte marcação de Réver (Foto: Eduardo Viana/ LANCE!Press)

Tudo ou nada

A segunda parcial começou com os times mais abertos que na primeira. No entanto, apesar do ímpeto inicial corintiano, foram do Galo as principais chances de gol. Guilherme e Rosinei quase ampliaram o placar, mas erraram no arremate final. Faltava ao Corinthians alguém que pegasse a bola no meio de campo e cadenciasse o jogo até encontrar um atacante em boa posição para marcar, como Danilo ou Renato Augusto. Ibson, o único na armação pelo meio, não teve uma boa apresentação.

Como não tinha esse homem, o técnico Tite tirou o zagueiro Paulo André aos 26 minutos para colocar outro atacante, Paulo Victor, na direita, voltando Romarinho para a armação das jogadas no meio, ao lado de Ibson, e deixando Pato na esquerda, mas mesmo assim o Corinthians não conseguiu furar a eficiente defesa do Galo com Gilberto Silva, Réver, Marcos Rocha (que substituiu o lesionado Júnior César) e Rafael Marques.

No fim, Tite fez outra tentativa com o atacante Léo no lugar de Pato, que não conseguia sair da marcação rival, mas, mesmo assim, não surtiu efeito e o Timão saiu derrotado do Pacaembu com mais de 32 mil pagantes.

Antes de voltar a campo pelo Brasileirão, as duas equipes têm confrontos decisivos na próxima quarta-feira. Após vencer o jogo de ida por 2 a 1, o Corinthians tenta o título da Recopa Sul-Americana às 21h50, no Pacaembu, contra o São Paulo. Já o Galo vai até o Paraguai, no mesmo horário, para o primeiro jogo da decisão da Libertadores, contra o Olimpia.

TABELA: Confira a classificação do Brasileirão 2013

TEMPO REAL: Confira todos os lances do duelo no Pacaembu

FICHA TÉCNICA:
CORINTHIANS 0 x 1 ATLÉTICO-MG

Local: Pacaembu, São Paulo (SP)
Data/Hora: 14/7/2013 - 16h
Árbitro: Wilton Pereira Sampaio (GO)
Auxiliares: Fabrício Vilarinho da Silva (GO) e Marrubson Melo Freitas (DF)
Renda/ Público: 32.797 pagantes / R$ 1.152.192,00
Cartões amarelos: Michel, Luan e Guilherme (CAM); Guilherme e Fábio Santos (COR)
Cartões vermelhos: Não houve

GOL: Rosinei, 36'/1ºT (0-1)

CORINTHIANS: Cássio, Edenílson, Gil, Paulo André (Paulo Victor, 26'/2ºT) e Fábio Santos; Ralf, Guilherme, Ibson e Romarinho; Alexandre Pato (Léo, 37'/2ºT) e Guerrero. Técnico: Tite

ATLÉTICO-MG: Victor, Michel, Réver (Lucas Cândido, Intervalo), Rafael Marques e Junior Cesar (Marcos Rocha, 8'/2ºT); Gilberto Silva e Rosinei; Neto Berola (Luan, 14'/2ºT), Guilherme e Bernard; Alecsandro. Técnico: Cuca