icons.title signature.placeholder RADAR/LANCEPRESS!
18/11/2014
17:53

Com aproveitamento de 78% dentro de casa, o Resende aposta no bom retrospecto no Estádio do Trabalhador para reverter, nesta quarta-feira, a vantagem conquistada pelo Friburguense e chegar à decisão da Copa Rio. No primeiro jogo pelas semifinais, em Nova Friburgo, o Gigante do Vale perdeu por 1 a 0, o que derrubou o último invicto da competição.

Dos dois empates obtidos pelo Resende em seu estádio, um deles foi justamente contra o Friburguense. No dia 24 de setembro, as equipes ficaram no 1 a 1. Desta vez, o técnico Edson Souza acredita em um desfecho diferente.

- Empatamos aquele jogo e não podemos pensar mais no passado. A realidade é que precisamos vencer e temos o fator casa para nos ajudar. Confio na superação desses jogadores, que já mostraram grande valor nessa Copa Rio. Temos plenas condições de conseguir o resultado de que precisamos, mas temos que entrar concentrados e conscientes do que é necessário ser feito - disse.

Por ter perdido a primeira partida por 1 a 0, o Resende precisa vencer o Friburguense por dois gols de diferença para se classificar para a final da Copa Rio. Vitória por um gol de diferença leva o jogo para os pênaltis.