icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
14/11/2013
10:15


O Cruzeiro sagrou-se campeão brasileiro na noite desta quarta-feira. Pouco antes, no mesmo dia, o técnico Renato Gaúcho dava entrevista após o final da vitória por 1 a 0 sobre o Vasco, na Arena, para valorizar a possibilidade gremista de se classificar para a Libertadores do próximo ano. O treinador valoriza - e muito - a vaga para a competição continental e fala até em Mundial.

- Não estão valorizando vaga na Libertadores. É o fim do futebol. Campeonato só um ganha. O resto, quando não tiver mais chance de ser campeão, entra em férias. Estão valorizando pouco. Para o nosso torcedor é pouco porque estamos há 12 anos sem título. Agora, é muito para esse grupo pelo que aconteceu no campeonato. Para no ano que vem brigar pela Libertadores. Se me falar que a vaga não está bom, estou no planeta errado. Trabalho para conseguir a vaga, para ganhar mais uma Libertadores no próximo ano para ir ao Mundial. Degrau a degrau - disse.

A torcida cobra um rendimento melhor da equipe na reta final do Brasileirão, após a queda nas semifinais da Copa do Brasil. O treinador questionou as críticas, por conta do período no clube. Comentou até sobre situações do futuro.

- O torcedor tem que ver que o sentimento que tenho é o mesmo deles, sou tão gremista ou mais que eles. Estou aqui há 4 meses. Não vou pagar o pato pelo Grêmio não ser campeão há 12 anos. O Grêmio tem todas as chances, com a ajuda do torcedor, de chegar na Libertadores. Isso dá uma chance no ano que vem em disputar mais uma vez uma Libertadores, ganhar um título que o torcedor tanto quer. Não deu na Copa do Brasil, nosso objetivo é a Libertadores - comentou Renato.