icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
26/08/2015
13:15

Líder do Brasileirão, o Corinthians tenta buscar também o título da Copa do Brasil. Porém, se a classificação para as quartas de final do torneio não vier diante do Santos nesta quarta-feira, na Arena, o Timão e sua torcida não podem se abater. É o que afirma o meia Renato Augusto, que acredita que a Fiel reconhecerá a entrega dos jogadores seja qual for o resultado.

O camisa 8 corintiano acredita até que a eliminação no mata-mata será benéfica para a busca do título do Brasileirão, mas deixa claro: a equipe vai em busca das duas taças.

- Não pode fazer de uma eliminação o fim do mundo, até porque estamos muito bem no Brasileiro. Vamos tentar a classificação. Não deu? Passa uma borracha e vamos tentar no Brasileiro. Até porque, na minha opinião, quem sair antes na Copa do Brasil vai ter vantagem no Brasileiro, terá mais tempo para descansar. Até por o mercado ter dado uma esfriada, os times terem se reforçado pouco, essa semana para descansar será importante. Não só o Corinthians, o São Paulo, por exemplo, está vendendo e não conseguindo repor. Quem ficar na Copa terá desgaste maior - comentou Renato.

- A intenção é ganhar os dois torneios, óbvio, mas é muito difícil. O Brasileiro já é difícil, os dois então, bem mais difícil pelo desgaste e tudo mais - completou.

Um dos destaques do Timão na temporada, Renato reconhece, porém, que o desempenho na Copa do Brasil pode refletir no Brasileirão. Uma vitória sobre o Peixe, dará ainda mais moral, enquanto uma derrota pode abater um pouco o grupo.

- Sempre influencia um pouco, mas vai da forma como se joga. A gente já foi eliminado aqui e a torcida aplaudiu. Torcedor viu que você lutou, brigou. A postura vai ser muito importante para o pós-jogo, classificando ou não - opinou.


(Renato Augusto e Tite em treino do Corinthians - FOTO: Daniel Augusto Jr.)

Líder do Brasileirão, o Corinthians tenta buscar também o título da Copa do Brasil. Porém, se a classificação para as quartas de final do torneio não vier diante do Santos nesta quarta-feira, na Arena, o Timão e sua torcida não podem se abater. É o que afirma o meia Renato Augusto, que acredita que a Fiel reconhecerá a entrega dos jogadores seja qual for o resultado.

O camisa 8 corintiano acredita até que a eliminação no mata-mata será benéfica para a busca do título do Brasileirão, mas deixa claro: a equipe vai em busca das duas taças.

- Não pode fazer de uma eliminação o fim do mundo, até porque estamos muito bem no Brasileiro. Vamos tentar a classificação. Não deu? Passa uma borracha e vamos tentar no Brasileiro. Até porque, na minha opinião, quem sair antes na Copa do Brasil vai ter vantagem no Brasileiro, terá mais tempo para descansar. Até por o mercado ter dado uma esfriada, os times terem se reforçado pouco, essa semana para descansar será importante. Não só o Corinthians, o São Paulo, por exemplo, está vendendo e não conseguindo repor. Quem ficar na Copa terá desgaste maior - comentou Renato.

- A intenção é ganhar os dois torneios, óbvio, mas é muito difícil. O Brasileiro já é difícil, os dois então, bem mais difícil pelo desgaste e tudo mais - completou.

Um dos destaques do Timão na temporada, Renato reconhece, porém, que o desempenho na Copa do Brasil pode refletir no Brasileirão. Uma vitória sobre o Peixe, dará ainda mais moral, enquanto uma derrota pode abater um pouco o grupo.

- Sempre influencia um pouco, mas vai da forma como se joga. A gente já foi eliminado aqui e a torcida aplaudiu. Torcedor viu que você lutou, brigou. A postura vai ser muito importante para o pós-jogo, classificando ou não - opinou.


(Renato Augusto e Tite em treino do Corinthians - FOTO: Daniel Augusto Jr.)