icons.title signature.placeholder Marcelo Braga
06/11/2013
20:38

Recuperando-se de uma artroscopia no joelho direito, Léo teve um imprevisto durante o processo de recuperação. Na última semana, o meia/lateral-esquerdo contraiu uma virose que o deixou por cinco dias em repouso absoluto em casa, tirando-o do tratamento no Cepraf (Centro de Excelência em Prevenção e Recuperação de Atletas de Futebol) do Santos.

No período, perdeu alguns quilos, o que o deixa mais atrás no aspecto físico. Por conta disso, o jogador pode demorar ainda mais tempo para voltar a ficar à disposição do técnico Claudinei Oliveira. Na segunda-feira, voltou ao trabalho diário no CT Rei Pelé.

Léo passou pelo procedimento em 16 de outubro. A previsão inicial era de 20 dias para o retorno dele aos treinos com bola no gramado – o que ainda não ocorreu. Com contrato até o fim do ano, o jogador de 38 anos ainda não decidiu se irá se aposentar ou se irá prolongar a carreira. Maior campeão após a era Pelé, com oito títulos, o Guerreiro da Vila já realizou 454 partidas pelo Santos, tendo marcado 24 gols.