icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
16/03/2014
16:43

Messi converteu-se no maior artilheiro do Barcelona ao marcar três na goleada sobre o Osasuna por 7 a 0, neste domingo, no Camp Nou. Na Espanha, a façanha do craque dividiu as manchetes eletrônicas com o clássico contra o Real Madrid, no próximo final de semana, no Estádio Santiago Bernabéu.

"7 a 0, uma exibição antes do clássico", destacou o Mundo Deportivo, de Barcelona. Ainda na Catalunha, o Sport sequer destacou a marca do argentino na manchete principal. "Goleada... E agora o Madrid", estampou o diário que se referiu ao recorde com um gráfico comparando os desempenhos de Messi e Paulino, mas numa nota abaixo da crônica.

Em Madrid, o clássico também ficou em primeiro plano: "Festival pré-clássico do Barça", escreveu o As. O concorrente Marca vai na mesma linha: "Injeção de autoestima", coloca na manchete.

Já a imprensa estrangeira, sobretudo a argentina (como não poderia ser diferente) exaltou os novos números de Messi (371 gols na história do clube catalão).

"Realeza", publicou o Olé. "Barça meteu sete e Messi voltou a ser rei", anunciou o Clarín.

No resto do mundo, a cobertura não teve tanto apelo emocional. O L'Équipe, por exemplo, evitou o uso de adjetivos: "Messi atinge novo recorde".

Messi faz três e se torna o maior artilheiro do Barcelona