icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
29/03/2014
09:17

A titularidade de Diego Lopez na meta do Real Madrid, deixando o ídolo no banco é contestada há tempos. E um levantamento feito pelo jornal 'As' mostra que a troca não tem sido muito satisfatória. Desde a temporada 2003/04 que o time merengue não sofria tantos gols no Campeonato Espanhol. Na ocasião, o time era comandado por Carlos Queiroz e terminou a competição com 36 gols sofridos.

Na atual temporada, com 30 jogos já decorridos e oito a serem realizados, o time comandado por Carlo Ancelotti já sofreu 32, superando as estatísticas da temporada 2008/09, quando o clube foi comandado primeiro por Bernd Schuster e depois Juande Ramos.

Apesar dos números negativos, Diego Lopez deve começar entre os titulares no jogo deste sábado, contra o Rayo Vallecano, no Santiago Bernabeu, pela 31ª rodada.